Padre Reginaldo Manzotti pode cantar na Festa da Luz em Guarabira; Igreja analisa possibilidades

Informações de bastidores dão conta de que a Diocese de Guarabira está tentando trazer uma atraçã...

Informações de bastidores dão conta de que a Diocese de Guarabira está tentando trazer uma atração religiosa para a Festa da Luz do próximo ano. Padre Reginaldo Manotti é o nome mais cogitado para cantar no encerramento da festa, conforme uma fonte revelou a este blog.

A editoria do Caderno de Matérias não conseguiu apurar o valor real do cachê do ‘padre pop’ do momento, antes de fechar este post: dizem que custa caro trazê-lo. Daí a necessidade da Igreja analisar as possibilidades de bancar tudo sozinha, salvo, se tiver ajuda do poder público municipal.

O prefeito Zenóbio foi aconselhado a contratar uma atração religiosa para a Festa da Luz de 2015, mas ninguém sabe ainda se ele vai anunciar algum este segmento, ou apoiar a iniciativa da Igreja Católica. Aguardemos.

***
Em relação a cachês, eu sou totalmente contrário que padres cantores e artistas da música gospel consintam que suas ‘agências’ cobrem valores exorbitantes por um ‘momento de louvor’, apenas. A Bíblia diz que “o obreiro é digno de seu salário” (Mateus 10:10b; Lucas 10:7b e 1 Timóteo 5:18), eu sei. Mas as Escrituras também dizem que devemos ‘dar de graça’ o que recebemos gratuitamente (Mateus 10:8b). Assim, defendo um cachê justo, sem exploração, porque entendo que ambos estão em missão, só que de uma forma diferente: cantando. O contrário disso, não passa de comércio em ‘nome de Deus: de uma prática que se sustenta à custa da fé do povo. #Cultura

Você pode gostar também

0 comentários