Debate do SBT: Um ‘duelo de gigantes’

Tivemos mais um debate entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) neste segundo turno. Foi no SBT, em parceria com a...

Tivemos mais um debate entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) neste segundo turno. Foi no SBT, em parceria com a Rádio Jovem Pan e o Portal UOL. O debate começou quente e foi cheio de ‘ataques baixos’, sobretudo, na esfera familiar.  Se comparado aos debates anteriores, no meu entender, Dilma foi bem melhor, apesar de quase sempre repetir o mesmo discurso sobre a inflação e corrupção, por exemplo. O Aécio, por sua vez, se saiu bem, principalmente lidando com a língua portuguesa e com ironia - característica dele. Mesmo tenso, Aécio se preparou para a oportunidade de reforçar a mensagem de que o governo da presidente Dilma fracassou, em rede nacional. Foi um debate onde um desqualificou o outro. Algumas perguntas também ficaram sem resposta. Poderia ter sido um debate mais propositivo, mas ‘nepotismo’ e ‘ofensas pessoais’ marcaram o debate desta quinta-feira (16). Fica a pergunta: até que ponto um debate de baixo nível contribui nesta eleição? Novamente, então, tivemos um ‘duelo de gigantes’ na televisão brasileira. O SBT, inclusive, conforme prévia do Ibope, SBT teve 9 pontos de média – 2 a menos que o debate da Band. A Globo fez 15,2 e a Record, 7,3, tudo na grande São Paulo. Cada ponto equivale a cerca de 60 mil habitantes. #Política

Você pode gostar também

0 comentários