Eleições: Cobertura da votação tem erros na Globo e bate-boca na Band

Por Paulo Pacheco, para o Notícias da TV A cobertura da apuração das eleições, neste doming...


Por Paulo Pacheco, para o Notícias da TV

A cobertura da apuração das eleições, neste domingo (5), teve erros na Globo, gafe na Globo News e princípio de bate-boca na Band. As emissoras interromperam programas para informar e comentar os resultados preliminares das urnas. Das principais redes, o SBT noticiou apenas nos intervalos e a Record parou tardiamente o A Hora do Faro para atualizar os números.

A Globo começou a cobertura atrasada (depois de Band, Cultura, RedeTV! e Gazeta) e errou logo no início. Assim que o horário da votação terminou, às 17h, Fausto Silva interrompeu o Domingão e chamou William Bonner, que estava em outro estúdio, mas a imagem não apareceu. Sem jeito, Faustão continuou o programa e três minutos depois voltou a chamar o jornalista. Quando Bonner entrou no ar, o telão atrás do apresentador falhou.

William Bonner apresentou o balanço da apuração com comentários de Heraldo Pereira. Evaristo Costa mostrava os resultados prévios em um telão. No Domingão do Faustão, os números apareciam abaixo da tela. Na disputa em São Paulo, porém, a Globo identificou apenas como "Gilberto" o quarto colocado, sem especificar se era Gilberto Natalini (PV) ou o xará Gilberto Maringoni (PSOL), que estavam muito próximos na pesquisa.

No canal pago Globo News, um programa especial ancorado por Renata Lo Prete teve algumas gafes. Celulares dos convidados tocaram constantemente, com apitos do aplicativo WhatsApp. Quando chamou uma repórter na sede do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a apresentado não percebeu o microfone aberto e falou a alguém: "Já entendi o que você quer de mim".

A Band convidou coordenadores de campanhas para um debate comandado por Ricardo Boechat, e houve princípio de bate-boca entre PT e PSB. José Américo, do programa de Dilma Rousseff, acusou a campanha de Marina Silva de copiar livros no plano de governo dela. Neca Setúbal, representante de Marina, rebateu dizendo que os autores tinham dado autorização. Enquanto discutiam, José Aníbal, do PSDB, apareceu de costas, com a cabeça baixa, como se estivesse dormindo.

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários