Quem ganhou o debate da TV Cabo Branco?

Do Blog do Helder Moura Sempre que termina um debate as pessoas querem logo saber quem ganhou...

Do Blog do Helder Moura

Sempre que termina um debate as pessoas querem logo saber quem ganhou. E quem ganhou o debate das TVs Cabo Branco e Paraíba? Ricardo Coutinho ou Cássio Cunha Lima? Na verdade, nos dias anteriores havia a expectativa que Ricardo iria acuar Cássio, como chegara a fazer em debates anteriores. Então, sob essa perspectiva, Cássio conseguiu reverter os prognósticos.

E talvez esse tenha sido o principal mote da peleja, por assim dizer, desta quinta (dia 23). O que se viu foi o tucano empurrando o socialista para as cordas, em boa parte da pugna, por assim dizer. Ricardo foi extremamente repetitivo e não conseguiu escapar do cerco do adversário, que ainda teve tempo para apresentar algumas propostas. Ficou claro: Ricardo não ganhou o debate.

Até se poderia afirmar que o senador não venceu a parada. Mas, levou a melhor no conjunto da obra. Na soma dos pontos. E foi agressivo na medida certa, quando provocado. Ricardo entrou com o propósito de mostrar que, em seus quatro anos, fez mais do que o tucano, em sete. Não foi essa a impressão que ficou. Ricardo parece ter se perdido na teia de números que ele próprio criou nos últimos tempos.

O governador não convenceu. Obviamente, o debate não foi um primor. Toda a Paraíba esperava que os candidatos apresentassem um projeto de envergadura para resgatar o atraso histórico que o Estado tem, especialmente no comparativo com os vizinhos do Nordeste. Em algum momento, o tucano ainda se queixou da discriminação que a Paraíba sofreu do Governo Federal, nos últimos anos.

O que é totalmente verdadeiro. Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Maranhão todos receberam, nos últimos anos, investimentos federais de grande alcance social e econômico. A Paraíba ficou relegada a alguns poucos projetos. Nos vizinhos, enquanto se fala em dezena de bilhões de investimentos, na Paraíba alguns se contentam em ficar na casa dos poucos milhões.

E até mesmo esse comodismo, ou essa falta de altivez para cobrar, é também um reflexo do atraso. Então, a Paraíba poderia, sim, ter dado um salto de desenvolvimento de 40 anos em quatro, como prometeu Ricardo, nas eleições passadas. Não deu, antes retrocedeu. Por isso, o discurso macarrônico de Ricardo, claramente treinado para apresentar serenidade durante o debate, não convenceu.

Resumo da ópera - O salto que Ricardo certamente esperava dar no debate, não ocorreu. E, Cássio, sem precisar saltar muito, conseguiu subiu alguns graus na temperatura da sua militância, que andava talvez ressabiada desde que a vitória não veio logo no primeiro turno. O último grande evento da campanha de 2014 terminou favorecendo o candidato tucano.

***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários