Rachel Sheherazade é ameaçada de morte por internauta

Do Comunique-se Na tarde de quinta-feira, 16, a jornalista Rachel Sheherazade pediu ajuda p...



Na tarde de quinta-feira, 16, a jornalista Rachel Sheherazade pediu ajuda para denunciar um internauta que a ameaçou de morte. Por meio de seu conta no Facebook, ela postou texto e imagem que mostram os recados de João Paulo Silva Neri. "Peço que me ajudem a denunciar esse perfil ao Facebook. Quanto mais denúncias, mais fácil banir um sujeito que não sabe se portar com civilidade nas redes sociais", explicou a âncora do 'SBT Brasil'.

De acordo com ela, essa não é a primeira vez que recebe ameaças. O usuário identificado como João Paulo publicou cinco mensagens seguidas dizendo que iria assassinar a jornalista. "Eu vou matar você...enquanto você não sai (sic) do SBT". Em outra, ele sugere aos internautas um "movimento" contra a apresentadora. "Censurada! Censurada! Censurada! Movimento matem a Rachel (...) a imprensa vai calar a sua boca!".

Em seu depoimento, Rachel afirmou, em primeiro momento, que não acredita que o Ministério Público, o Conselho Federal de Jornalismo ou mesmo os diligentes membros dos Direitos Humanos teriam qualquer atitude para ajudá-la, por isso estava pedindo ajuda de seus seguidores.

Cerca de uma hora depois, a jornalista compartilhou novas informações. Ela revelou ter formalizado uma denúncia junto ao Ministério Público Federal contra o internauta que a ameaçou. "Estou dividindo esse episódio com vocês para incentivar qualquer um que esteja sendo ameaçado ou intimidado, como eu estou sofrendo, a não ceder, a não se calar, a não se quedar. Busquemos a justiça!".

Ela escreveu na denúncia de número 82682 que recebeu ameaças do perfil http://facebook.com/joaopaulo.silvaneri1, que se trataria de um estudante, solteiro, residente no Rio de Janeiro e colaborador e Jovem Aprendiz em Praça do Conhecimento. Rachel chegou a citar, também, qual seria o perfil do usuário no Twitter.


Somadas, as duas publicações da jornalista do SBT têm, até o momento, mais de 500 compartilhamentos e mais de 350 comentários. Ao acessar o link do perfil citado por ela como sendo de João Paulo, o Facebook informa que a página não está disponível. "O link que você seguiu pode estar quebrado ou a página pode ter sido removida", comunica a rede social.

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários