Acabou a graça

Acabou a graça. O mestre Roberto Gómes Bolaños partiu. Sua obra, porém, permanece viva, sobretu...


Acabou a graça. O mestre Roberto Gómes Bolaños partiu. Sua obra, porém, permanece viva, sobretudo, no coração dos brasileiros. A genialidade e a criatividade de Bolaños eram indiscutíveis.

A televisão deve muito a esse mito das telinhas, que arrancava risos e prendia a atenção de milhões de pessoas – eu, inclusive, cresci acompanhando seus personagens.

O ator, escritor e criador do ‘Chaves’ se foi, mas antes deixou um recado para o povo brasileiro:

“Todomeu amor para o Brasil”, escreveu Roberto Bolaños numa rede social em resposta a uma seguidora no último dia 26 de novembro. Bolaños usava o Twitter para manter contato direto com admiradores desde 2001.

Não nasce outro igual ou semelhante a você, Roberto Bolaños. 

Adeus, mestre! Pi Pi Pi Pi Pi...
                          Pi Pi Pi...
                             Pi...
#Sociedade #SintoniaFina                            

Você pode gostar também

0 comentários