Adeus, JN: Para jornalistas, Patrícia Poeta foi irônica com Bonner em despedida

Por Daniel Castro, o Notícias da TV Para jornalistas da Globo, Patrícia Poeta foi irônica a...


Por Daniel Castro, o Notícias da TV

Para jornalistas da Globo, Patrícia Poeta foi irônica ao reverenciar William Bonner como editor-chefe do telejornal em sua despedida da bancada do Jornal Nacional, na noite desta sexta (31). Patrícia também teria sido irônica ao afirmar que "aprendeu" muito com o marido de Fátima Bernardes nos três anos em que esteve no principal telejornal do país.

Patrícia lembrou duas vezes que Bonner é o editor-chefe do jornalístico. "Você como editor-chefe do Jornal Nacional sabe mais do que qualquer um de nós", disse ao introduzir sua despedida, lembrando das grandes coberturas das quais participou. Logo em seguida, Bonner citou que Patrícia ancorou a cobertura da renúncia do papa Bento 16. "Muito bem lembrado, editor-chefe do jornal, né?", respondeu a jornalista, apontando para o chefe.

Como editor-chefe do Jornal Nacional, Bonner não facilitou a vida de Patrícia Poeta nos últimos três anos. Ele sempre lembrava que tem esse cargo ao dar broncas na colega. Nos bastidores do Jornal Nacional, são célebres as reclamações de Bonner quanto ao desempenho de Patrícia.Bonner é apontado como um dos pivôs da queda de Patrícia, anunciada em setembro.

Dois outros fatos teriam pesado na decisão da Globo de afastá-la do JN: o desempenho sofrível nas rodadas de entrevistas com os presidenciáveis, em agosto, e a tentativa de comprar um apartamento de R$ 23 milhões de um personagem envolvido em escândalo político. Oficialmente, a Globo diz que a saída de Patrícia Poeta do JN, agora em 2014, já estava acertada desde que ela foi promovida para a bancada, em dezembro de 2011.

Poeta estaria grávida

Patrícia vai agora se dedicar a um programa de entretenimento, que ainda não tem formato nem previsão de estreia. Nos bastidores do Jornal Nacional, no entanto, especula-se que a jornalista estaria grávida, o que, se for verdade, irá adiar o projeto de programa de entretenimento.

William Bonner, Patrícia Poeta e Renata Vasconcellos na bancada do JN de 31 de outubro

Confira a íntegra do diálogo entre William Bonner, Patrícia Poeta e Renata Vasconcellos no JN desta sexta, 31:

William Bonner - Bom, hoje é sexta-feira, dia 31 de outubro e, como já estava anunciado desde o dia 15 de setembro, é a última noite em que eu tenho aqui Patrícia Poeta comigo na bancada do Jornal Nacional. Patrícia, acho que é uma hora para você relembrar o que te levou a esta decisão.

Patrícia Poeta - Vamos lá, Bonner. Agora, em novembro, eu começo a me dedicar a um novo projeto, na área do entretenimento. E o que vem pela frente é um caminho de muito trabalho, mas também de muita oportunidade de criar em televisão. Me sinto desafiada, a sensação é maravilhosa. O jornalismo é minha profissão com muito orgulho. Mas, há muito tempo, eu venho me preparando para contribuir também com outros conteúdos em TV. Era um sonho antigo, que deixei ali de lado...

Bonner - De que falamos algumas vezes nos bastidores...

Patrícia - ...De que falamos algumas vezes, exatamente, nos bastidores, mas que acabou sendo mais forte que eu, digamos assim. Não deu para resistir. Então, eu acho que foram três anos intensos aqui no Jornal Nacional. Cobertura, você vai me ajudar, você lembra, você como editor do Jonral Nacional sabe mais do que qualquer um de nós, então Copa do Mundo, eleições presidenciais, manifestações pelo país, visita do papa Francisco ao Brasil. Não é à toa que esse período passou tão rápido.

Bonner - Você cobriu a renúncia do papa Bento 16.

Patrícia - Lá no Vaticano. Muito bem lembrado, editor-chefe do jornal, né? Olha, foi uma grande experiência pra mim. E cada um dos meus colegas fez com que essa experiência fosse ainda mais rica, mais completa. Por isso, a minha eterna gratidão a eles. Ao pessoal que trabalha por trás das câmeras, ao pessoal que trabalha na redação. Essa turma aqui é muito especial. Ao pessoal do controle que coloca o jornal todos os dias no ar. Hoje, eu posso dizer que trabalhei com todos vocês. A você, William Bonner, muito obrigada. Foi um prazer, é uma honra, exatamente, foi uma honra. Essa deixa era minha. Hahahaha. E ao pessoal de casa: a você telespectador, muito obrigada por permitir que eu possa fazer aquilo que eu sinto que é a minha missão: me comunicar com você, tentando fazer isso da melhor forma possível.

Bonner - Patrícia, você vai continuar fazendo isso da melhor maneira possível. Você sempre fez assim.

Patrícia - Tomara.

Bonner - Senão não estaria sentada aqui... nessa bancada do Jornal Nacional. A partir de segunda-feira (3), quem estará comigo aqui será a nossa colega Renata Vasconcellos, que deixa o Fantástico, já está aqui conosco.
[Renata Vasconcellos entra no enquadramento.]

Renata Vasconcellos - Que honra! Muito obrigada.

Patrícia - Renata, seja bem-vinda. Hoje você vai sentar naquela cadeira, mas a partir de segunda-feira é nesta aqui, ao lado do Bonner.

Bonner - Renata, não chega a ser pra você uma novidade essa bancada. Já fizemos alguns jornais aqui juntos.

Renata - É verdade. Inclusive nos fins de semana, férias da Patrícia. Mas agora vai ser todo dia.

Patrícia - Vai ser especial.

Bonner - Vai ser diferente.

Renata - Vai ser muito especial.

William Bonner - Como você está esperando esse momento?

Renata - Eu estou muito feliz, a expectativa é muito grande. Estou muito contente de estar aqui. São 20 anos quase de jornalismo. Comecei na GloboNews, foram 11 anos no Bom Dia Brasil. Fui muito feliz no Fantástico e estou muito feliz de estar aqui hoje.

Patrícia - Vai ser muito feliz aqui a partir de segunda-feira, porque essa turma aqui vale ouro. Você vai ver.

Renata - Eu sei. Afinal, qual é o jornalista não gostaria de chegar à bancada do Jornal Nacional, o telejornal de maior prestígio da televisão do país? É com muita felicidade e humildade que eu chego aqui hoje.

Bonner - E com todos os méritos, Renata. Eu acompanhei a carreira da Renata, quando ainda era bem menininha aqui. Há alguns anos, chegando com aquele time de craques da GloboNews, para fundar a GloboNews. E hoje, você com essa carreira tão bonita, que construiu com todo mérito. Patrícia, a mesma coisa. Construiu uma carreira muito bonita. Tenho certeza de que seu sucesso está assegurado, porque você se entrega apaixonadamente ao trabalho. E a gente testemunhou isso aqui no Jornal Nacional.

Patrícia - Obrigada, Bonner, foi um privilégio. Eu aprendi muito com você, William Bonner.

Bonner - Que isso! Sorte e sucesso para as duas e muito obrigado.

Patrícia - Olha, Renata, que você seja muito feliz a partir de segunda-feira. A partir de segunda eu vou estar assistindo.

Renata - Você também nesse seu novo projeto.

Patrícia - Obrigada. E hoje, ao contrário dos últimos três anos, o meu ‘boa noite’ não tem o ‘até amanhã’. Mas o meu ‘boa noite’ vem com um ‘até breve’. A gente se vê.

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários