Coluna Manchete - 15 de novembro de 2014

Está no ar a 31ª edição da coluna semanal Manchete, um suplemento do Blog Caderno de Matérias do ...

Está no ar a 31ª edição da coluna semanal Manchete, um suplemento do Blog Caderno de Matérias do Ikeda. A proposta é repercutir e adiantar, de forma resumida, os fatos mais importantes da semana e o que ainda há de acontecer, em até 140 caracteres. #Manchete
Saúde

É preciso evitar a obesidade, pois ela reduz em 40% o tempo de vida, principalmente se está associada à hipertensão e ao diabetes.

Planos suspensos

De novo. A ANS suspendeu a venda de 65 planos de saúde de 16 operadoras por três meses. O motivo é o descumprimento de prazos e coberturas.

Planos suspensos II

Além da suspensão, as empresas ainda podem ser multadas em até R$ 100 mil. 1.017 planos de 42 operadoras foram suspensos desde 2011.

Multas

A Polícia Rodoviária Federal chega a aplicar oito multas pesadas por dia na Paraíba. Elas chegam a R$ 1.915.

Multas II

Após elevação no valor das multas, 48 motoristas foram flagrados cometendo infrações em BRs do Estado. Falta prudência, sobretudo.

Inadimplência

Conforme o SPC, o índice de inadimplência cresceu 3,95%, comparado ao mesmo período do ano passado.

Inadimplência II

A expectativa é a de que a inadimplência perca força devido ao giro da economia em relação às festas de fim de ano.

Mensalidade escolar

O aumento nas mensalidades vai depender de cada escola. É que o Sindicato das Escolas Particulares rejeitou propostas de unificação.

Mensalidade escolar II

O reajuste, no entanto, não deve passar de 10%, é o que espera a entidade que representa a categoria.

Racionamento

O racionamento de água em Campina Grande começa dia 06 de dezembro. A ação vai ocorrer das 17h dos sábados ás 5h as segundas-feiras.

Racionamento II

O racionamento vai atingir cerca de 500 mil pessoas da CG e de mais oito municípios abastecidos pelo Boqueirão.

Racionamento III

Conforme a Cagepa, o racionamento pode durar um ano se a estiagem continuar.

TAC

Em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o Procon estabeleceu que a escola terá de devolver 70% da matrícula se o aluno desistir da vaga.

TAC II

Em caso de descumprimento, a escola será multada e terá de pagar um valor 10 vezes maior que a mensalidade.

Natal

A Prefeitura de João Pessoa já começou a enfeitar a cidade para o Natal. E aqui em Guarabira, vamos ter Natal ‘com ou sem brilho’?

Nas ondas do rádio

Somente este mês, 04 profissionais foram demitidos da Rádio Rural AM de Guarabira: Joab Freire, Rodrigo Costa, Tony Souza e João Batista.

Nas ondas do rádio II

Apesar das demissões na emissora, o radialista Jota Alves está de volta ao rádio guarabirense. Ele é o novo contratado da Rádio Rural AM.

Nas ondas do rádio III

A estreia de Jota Alves ocorre na segunda-feira (17), ao lado de Fabiano Lima. Juntos eles apresentam a 1ª edição do Jornal 850.

Nas ondas do rádio IV

Com as mudanças nas rádios do empresário Joao Rafael, o radialista Rudney Araújo também volta para Rádio Cultura AM, nesta segunda-feira.

Exposição

O artista W. J. Solha está expondo em Guarabira. A exposição faz parte da programação dos 127 anos de emancipação política da cidade.

Exposição II

A exposição Pense Grande mostra 70 pinturas em acrílico sobre tela, onde o artista apresenta e homenageia paraibanos de expressão cultural.

Exposição III

As obras estão expostas no Centro de Documentação Coronel João Pimentel, no centro da cidade.

Show

No dia 24 acontecerá o show 'Minha Garça', do cantor guarabirense Artur Neto. Será em comemoração aos 30 anos de carreira artística.

Literatura cristã

No dia 06 de dezembro, o pastor Antônio Júnior vai lançar o seu livro “Tudo tem seu tempo determinado”.

Literatura cristã II

O lançamento ocorrerá no templo da Igreja Congregacional de Guarabira.

Observações pontuais: Privatizem a Cagepa

Eu preciso expor minha opinião nesta coluna. Sou a favor da privatização da Cagepa. Entra governo, sai governo e a situação é a mesma, não muda: falta água constantemente. Não há – acredito -, uma só cidade da Paraíba, que seja atendida pela Cagepa, que não lide com este problema: a falta de água na torneira. A população reclama, no entanto, continua pagando caro por um serviço comprometido que não tem garantido a entrega do produto: água. Sim! A Cagepa vende água. O governador Ricardo Coutinho, inclusive, fez um empréstimo de R$ 150 milhões para pagamento de dívidas da estatal. Ninguém, porém, garantiu melhorias no abastecimento. Assim, então, enquanto não privatizarem a Cagepa, vamos continuar pagando caro por um ‘produto’ que não chega às torneiras. Privatizem a Cagepa!

Entre aspas: "Não sei se algum dia o Fusca vai embora. Mas o que sei é que, enquanto eu estiver vivo, ele irá dormir na garagem” (presidente uruguaio, José Mujica, ao recusar uma oferta de US$ 1 milhão por um Fusca 1987)

Você pode gostar também

0 comentários