Fonte revela: Jota Alves é contratado pela Rádio Rural; estreia acontece na próxima segunda-feira, 17

A demissão do radialista Rodrigo Costa, da Rádio Rural AM, não ocorreu para ‘contensão de gastos...

A demissão do radialista Rodrigo Costa, da Rádio Rural AM, não ocorreu para ‘contensão de gastos’ na emissora. Aliás, isso nunca justificou demissão alguma nas empresas do Grupo João Rafael, principalmente nas rádios. R$ não falta. A prova disso é que, conforme o que uma fonte revelou ao blog, o radialista Jota Alves acaba de ser contratado pela Rádio Rural de Guarabira (PB).

Pelo que se comenta nos bastidores, a estreia já acontece na próxima segunda-feira (17), em 850 KHz – enquanto a emissora não migra para FM. Até o fechamento desse post, porém, a direção não tinha se pronunciado sobre o assunto - mas isso dificilmente ocorre. E o comunicador também não respondeu nosso contato pela rede social Facebook.

Pelo que circula na 'praça', a direção da emissora pretende promover a estreia do comunicador. Assim, então, uma chamada com 'assinatura' de Jota Alves deve entrar no ar a qualquer momento. Do contrário, 'Jotinha' vai, apenas, surgir na programação - como alguns observam. 

***
A ida de Jota Alves para a Rádio Rural, se confirmada, só fortalece os interesses do empresário João Rafael e do “seu grupo político na região”. Acredito ainda que o radialista deva fazer um ‘contraponto’, sobretudo, à gestão do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), para o qual trabalhou por mais de 10 anos na Rádio Constelação FM. Afinal, das quatro estações de rádio do município, três reproduzem, praticamente, o mesmo ‘discurso’ político neste momento - em favor do governador Ricardo Coutinho, por exemplo. Ouça e tire suas conclusões.

Em síntese, as intenções são as mesmas de antes. O que muda, na verdade, é a posição do 'jogador' e o ‘discurso’ dos agentes envolvidos nesse ‘jogo político’ e de interesses.

Ao colega Jota Alves, a editoria do Blog do Ikeda deseja boa sorte nesse novo desafio. #SintoniaFina

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Jotinha é gente boa; só não deve durar nas empresas de JR. Acostumado a tranquilidade e ao pouco expediente da Constelação vai ter que ralar muito mais do que os funcionários das fábricas. JR pensa que a rádio é uma fábrica, e não deixa de ser né R$, mas em relação a carga horária não. Ô saudade da Constelação... Até pagar em dia ela paga, o que não deixa de ser obrigação, mas pra onde ele vai isso é raro...

    ResponderExcluir