Nem Raniery, nem Camila: Coutinho deverá ter novos interlocutores em Guarabira

Do Blog do Rafael San Depois de ter conquistado um novo mandato com uma votação surpreendente...


Depois de ter conquistado um novo mandato com uma votação surpreendente em todo o Estado, e também em Guarabira, cidade mais importante do brejo paraibano, o governador Ricardo Coutinho poderá construir “novas pontes políticas” para dialogar com a cidade e região. Sem o apoio óbvio de Camila Toscano (PSDB) e a dúvida reinante sobre a posição de Raniery Paulino (PMDB) na Assembleia Legislativa, restará a Ricardo a construção de novas parcerias, que passariam inicialmente pelo grupo que lhe apoiou nestas eleições.

Detentor de um perfil destemido, o governador pode inaugurar “canais novos” com a cidade. E isso tem muito a ver com a trajetória de Ricardo que sempre foi muito independente da tradicional classe política paraibana, basta relembra esta última campanha.

Célio Alves, João Rafael, Beto Meireles, Lucas Porpino, Marcelo Bandeira, Jader Pimentel, Gilson Cândido, Coronel Alencar, Raminho do Talibã e tantos outros, não só serão ouvidos pelo empenho eleitoral recente e por conhecerem a vida política guarabirense, mas também por representarem uma alternativa de renovação na cidade e região, algo que sempre encantou muito as hostes do PSB paraibano.

O ex-governador Roberto Paulino, indiscutivelmente importante no resultado do segundo turno, será igualmente considerado, e a depender de sua habilidade, um interlocutor relevante em Guarabira.

“Fazer mais e melhor por Guarabira é uma das nossas metas para o Governo Ricardo Coutinho II”, assegurou um dos integrantes do grupo socialista na rainha do brejo.

Nada foi registrado oficialmente sobre esta possibilidade, porém os analistas mais antenados fazem essas previsões com certa naturalidade.

***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários