Coluna Manchete - 20 de dezembro de 2014

Está no ar a 36ª edição da coluna semanal Manchete, um suplemento do Blog Caderno de Matérias do ...

Está no ar a 36ª edição da coluna semanal Manchete, um suplemento do Blog Caderno de Matérias do Ikeda. A proposta é repercutir e adiantar, de forma resumida, os fatos mais importantes da semana e o que ainda há de acontecer, em até 140 caracteres. #Manchete

Clima

Após duas semanas negociando na COP 20, em Lima, Peru, delegações 196 países fizeram concessões para frear a alta temperatura na Terra.

Corrupção

O Brasil bloqueou cerca de R$ 3 bilhões em contas no exterior, com dinheiro desviado dos cofres públicos.

Corrupção II

Porém, em cinco anos, o Ministério da Justiça só conseguiu devolver pouco mais de 1%.

Corrupção III

O que esperar, então, em relação ao montante desviado da Petrobras?

Transparência

O Brasil superou os EUA em transparência. O índice internacional colocou o país na 26ª posição.

Inflação alta

A inflação vai estar em alta no primeiro semestre de 2015. É o que afirma Alexandre Tombini, presidente do Banco Central.

Inflação alta II

A conta de luz pode ter reajuste e vai haver uma redução do consumo no mercado. 2015 vai ser encerrado com juros em 12,5%, pelas previsões. 

Multas

A coligação de Cássio Cunha Lima foi multada em R$ 75 mil por sujeira nas ruas no 2º turno das eleições.

Multas II

A coligação de Ricardo Coutinho também recebeu multa: de R$ 79 mil.

Multas III

As multas foram aplicadas pela juíza Niliane Meira, do TRE-PB, a partir de avaliações feitas por magistrados.

Melhor idade

A população idosa na Paraíba continua crescendo. O foi de 10,2% para 12,9% desde 2004. São 508 mil acima dos 60 anos.

Super salário

Os deputados federais, senadores, os ministros do STF e p procurador-geral da República terão salário de R$ 33,7 mil. É ou não um super salário?

Super salário II

A presidente Dilma, o vice Michel e os ministros vão ganhar R$ 30,9 mil. Os reajustes passam a valer a partir de 2015.

Fome

A fome ainda é realidade na Paraíba. 41 mil famílias ainda passam fome no estado.

Fome II

No ano de 2009, cerca de 1,67 milhão de paraibanos tiveram dificuldade de conseguir alimentos.

Reprovado

O curso de Medicina da UFCG em Cajazeiras foi reprovado em avaliação do MEC.

Reprovado II

A falta de hospitais adequados para disciplinas práticas é o problema principal.

Reprovado III

Se for avaliado como insuficiente de novo, o curso deixa de ser reconhecido pelo MEC.

Contas públicas

As contas da Prefeitura de Guarabira, do exercício de 2012, foram reprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba.

Contas públicas II

Fátima Paulino e Josa da Padaria administraram Guarabira em 2012. Josa tem um débito de R$ 40.819,00 por despesas não comprovadas.

Circo

Conforme o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), em março de 2015, o famoso circo do Marcos Frota vai estar em Guarabira (PB).

Circo II

A atração será armada no Parque do Poeta e deverá passar 10 dias na cidade.

Observações pontuais: Cagepa quer reajuste de 9,9%

A Cagepa volta a ser destaque aqui na coluna. É que a empresa encaminhou uma nova proposta de reajuste para a Agência de Regulação do Estado da Paraíba, que vai decidir se o percentual que a companhia está pedindo, de 9,9%, é justo. Conforme o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, o aumento da tarifa vai cobrir custos de manutenção e operação da estatal. Em entrevista no rádio, ele disse que esse reajuste é inferior ao que é cobrado em Pernambuco e Rio Grande do Norte, por exemplo. A comparação é boa, porém, nos estados vizinhos o serviço é prestado como convém, diferente do que ocorre por aqui. A Cagepa quer reajustar uma taxa num momento em que acontece racionamento e a falta d’água é constante. Enquanto em São Paulo o Governo está dando desconto para quem economizar água, aqui na Paraíba estão querendo cobrar mais por um serviço deficiente. Assim, então, não há o que justifique um novo aumento na conta de água – pelo menos neste momento. A população já paga caro demais para bancar uma empresa que virou ‘cabide de emprego’ no estado. Defendi a privatização da Cagepa na coluna anterior. E continuo defendendo. 

Entre aspas: “Saio feliz, sem nenhum ressentimento. Ai, meu Senado, tenho saudades do futuro!” (senador José Sarney (PMDB-AP), em seu discurso de despedida do Senado Federal)

Você pode gostar também

0 comentários