Hoje em Dia: Record trata apresentadores como pastores e os demite pela imprensa

Os apresentadores que foram afastados do Hoje Em Dia: Edu Guedes, Chris Flores e Celso Zucatelli ...

Os apresentadores que foram afastados do Hoje Em Dia: Edu Guedes, Chris Flores e Celso Zucatelli
Por Daniel Castro, do Notícias da TV

A forma como a Record conduziu o processo de substituição dos apresentadores do Hoje Em Dia chocou executivos de dentro e fora da emissora. Por pouco, Chris Flores, Edu Guedes e Celso Zucatelli não souberam da demissão do programa pela imprensa.

O UOL publicou a notícia às 12h39. Naquele momento, os três apresentadores ainda estavam no estúdio do Hoje Em Dia, crentes de que continuariam no programa em 2015. Ou seja, milhares de leitores do UOL souberam antes da novidade. Dez minutos depois, quando Chris, Guedes e Zucatelli entravam na sala da vice-presidência artística da Record para receberem a informação, o departamento de comunicação da emissora disparava comunicado oficial para jornalistas que cobrem televisão.

A lambança da Record teve outras situações constrangedoras. Os três apresentadores planejavam uma festa de fim de ano com os profissionais da produção do programa. Suspenderam a festa depois das demissões no início desta semana, que reduziram a equipe em 20%.

No lugar da festa, os apresentadores optaram por presentear os colaboradores com uma generosa cesta de Natal. Na última hora, a Record proibiu Zucatelli, Guedes e Chris de entregarem pessoalmente as cestas. Por isso, eles ficaram até mais tarde no estúdio, após o programa de sexta, discutindo uma solução. Os produtores do Hoje Em Dia tiveram que retirar os mimos discretamente, sem chamar a atenção dos demais funcionários da emissora, que receberam apenas um panetone.

Os apresentadores foram tratados como pastores da Igreja Universal do Reino de Deus. Simplesmente, foram afastados de seus postos como se tivessem cumprido uma "missão divina". A direção da emissora não lhes deu justificativas convincentes. Mudaram porque queriam mudar.

Até ontem (19), Guedes, Zucatelli e Chris eram apresentadores do programa que mais fatura com merchandising na Record. Vão passar as férias sabendo que terão um longo período de geladeira pela frente, pois não há nenhum projeto para eles no horizonte. A situação lembra a de Honorilton Gonçalves. Até junho de 2013, ele era o todo-poderoso da Record, vice-presidente artístico e de programação. Um mês depois (e até hoje), era um simples bispo da Igreja Universal pregando na Bahia.

A demissão dos apresentadores na véspera do Natal foi vista internamente como uma crueldade. Na produção do Hoje Em Dia, a notícia foi recebida com choro.

Dois fatos deixam a situação ainda mais dramática: 1) Chris, Guedes e Zucatelli trabalharam dobrado nas últimas semanas, gravando programas inéditos que serão exibidos até 9 de janeiro; 2) há 40 dias, a direção da Record chamou os apresentadores e lhes "garantiu" que eram apenas "boatos" as notícias de que o programa passaria por mudanças _no início de novembro, o Notícias da TV, por exemplo, afirmou categoricamente que Celso Zucatelli deixaria a atração.

Os apresentadores ficaram chocados. Apesar dos rumores, eles não esperavam pelo afastamento. Zucatelli e Chris têm contrato até o final de 2016. O vínculo de Guedes é ainda maior. Eles continuarão recebendo salários, um terço menor sem as ações de merchandising, mas suas autoestimas estão lá embaixo.

No próximo dia 12, ao voltarem de férias, verão em seus lugares César Filho, Renata Alves, Dalton Rangel e Ana Hickmann. E a Record lhes deseja um feliz 2015.

Ana Hickmann, César Filho, Renata Alves e Dalton Rangel, os novos apresentadores 

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários