A versão de Cláudia Carvalho: Discussão entre Tales e Josival termina em agressão física

Por Cláudia Carvalho, do Parlamento PB Uma situação extrema me obriga a fugir dos parâmetros tradicionais do  ParlamentoPB  e até a esc...

Por Cláudia Carvalho, do Parlamento PB

Uma situação extrema me obriga a fugir dos parâmetros tradicionais do ParlamentoPB e até a escrever hoje, em primeira pessoa. Como as redes sociais e alguns sites já abordaram, embora com excessos, houve uma discussão séria no programa de rádio no qual trabalho. Como testemunha de tudo que houve, reproduzo o que se deu no estúdio por volta das 12h50.

O imbróglio começou quando Josival Pereira, fora do ar, repreendeu Tales Gadelha por causa de um comentário feito minutos antes no programa. Tales não gostou de ser chamado a atenção, especialmente porque havia convidados no estúdio ouvindo a reprimenda. Eles bateram boca, mas a situação parecia contornada quando voltamos do intervalo comercial. Iniciamos a entrevista e, alguns minutos depois, Tales levantou-se e deixou a rádio.

Pouco tempo depois, voltou e se dirigiu a Josival, desferindo-lhe um soco ao mesmo tempo em que bradava alguns adjetivos que não merecem ser reproduzidos. 

Josival ainda teve reflexo para se esquivar do murro, mas caiu da cadeira devido ao movimento abrupto.

Tales reclamava respeito e chegou a fazer um movimento que parecia ser o saque de uma arma. Mas não era. Foi apenas impressão, em meio à estupefação que nos tomava pelo inesperado do episódio. Nós, da turma do "deixa-disso", tentamos acalmar o radialista sousense, conduzindo-o para fora do estúdio. O Tambaú Debate seguiu, com todo o susto que passamos, porque o programa, assim como o show, tem que continuar.

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários