Festa da Luz: Pe. Manzotti não vem a Guarabira por falta de atitude da igreja e boa vontade da PMG

Como adiantei aqui no blog em setembro de 2014, realmente houve uma tentativa, por parte da Dio...


Como adiantei aqui no blog em setembro de 2014, realmente houve uma tentativa, por parte da Diocese de Guarabira (PB), de trazer o padre Reginaldo Manzotti para cantar no encerramento da Festa da Luz deste ano, a de número 255. Em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (14), o padre Adalto Tavares confirmou essa informação.

Durante a entrevista, padre Adalto disse que, com a devida antecedência, propôs à Prefeitura de Guarabira através do chefe de gabinete Aguiberto Montoya, a vinda de um cantor religioso como o padre Manzotti, por exemplo, para se apresentar no encerramento da festa. Montoya, por sua vez, ficou de dar uma resposta e... não deu.

Em contato com o Caderno, ciente da publicação que este blog tinha feito, a assessora de imprensa de Reginaldo Manzotti, Carina Basso, também confirmou essa possibilidade. No entanto, ela deixou claro que até aquele momento da postagem (set/2014) não havia convite formal, nem por parte da igreja, nem da gestão.

Ainda de acordo com Carina Basso, Reginaldo Manzotti não cobra cachê para se apresentar, nem participa de eventos pagos, salvo, em benefício social. A vinda do padre, portanto, só dependia mesmo de uma agenda disponível para o dia da festa católica em Guarabira.

Reginaldo Manzotti seria, de fato, uma atração interessante, sobretudo, para o encerramento da Festa da Luz 2015. Entendo que faltou 'atitude' por parte da igreja e 'boa vontade' por parte da PMG, principalmente considerando que o padre Manzotti não cobra cachê. #Sociedade #Cultura

Você pode gostar também

0 comentários