Reginaldo chora ao falar da injustiça que sofreu e questiona mobilizações de servidores públicos

Do Polêmica Paraíba O prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira, disse na tarde desta quinta-...


O prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira, disse na tarde desta quinta-feira, 22, que é difícil falar sobre a situação política da cidade e afirmou que “a pior coisa na vida de um político é ser condenado sem praticar crime, houve um equívoco da Câmara”.

Em entrevista a Rádio Correio, Pereira disse que os nove meses que ficou afastado da gestão municipal foram ruins e afirmou que tem certeza que estava fazendo um bom mandato, “melhorei a educação em 500%, contratei médicos, reformei prédios, tapei buracos na cidade, consegui recursos para construções de milhares de casas, e fiz tudo o que pude de melhor pela cidade e fui surpreendido com a saída prefeitura”, relatou.

Reginaldo questionou os servidores públicos da cidade acerca das mobilizações realizadas desde seu retorno à Prefeitura e diz que a situação na cidade estava caótica e não havia manifestações antes. “Os servidores não faziam mobilização antes e fazem agora porque houve desvio de dinheiro, mas vamos pagar à duras penas, colocaremos tudo em dia”, pontuou.

Ele finalizou prometendo que colocará todos os salários em dia até o mês de março e disse que os servidores e o Ministério Público ficam vigilantes quando é contra ele, “mas não fizeram quando Netinho estava na prefeitura”. O prefeito chegou a chorar em um trecho da entrevista.

***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários