Vereador de Guarabira diz que obra de drenagem no município está sendo executada de forma errada; parlamentar chama o prefeito de ganancioso e diz que ele está ciente do erro

Ao comentar uma postagem relacionada a mais recente inundação no centro de Guarabira (PB), ocorri...

Ao comentar uma postagem relacionada a mais recente inundação no centro de Guarabira (PB), ocorrida na semana passada, o vereador Lucas Porpino (DEM), que agora faz oposição ao prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), disse na rede social Facebook que a obra de drenagem que a gestão municipal está executando na cidade para por fim a inundação está sendo realizada de forma errada. Conforme o parlamentar, que é engenheiro, a obra de drenagem de águas sempre é realizada de montante a jusante - termos técnicos da Engenharia.

Para que você entenda o que Lucas Porpino quis dizer em sua postagem, jusante e montante são pontos referenciais de um rio pela visão de um observador. Jusante tem a ver com o fluxo normal da água, ou seja, de um ponto mais alto para o mais baixo. Montante, por sua vez, é a direção de um ponto baixo para o mais alto. Jusante é para onde a corrente de água segue. Montante é a parte onde nasce o rio. Veja a postagem:


Observe que o vereador guarabirense ainda chamou Zenóbio de ganancioso e afirmou que, de acordo com fiscais da obra, o prefeito está ciente do erro técnico.  

Além de político experiente, com dois mandatos como prefeito de Guarabira e vários como deputado estadual, por exemplo, Zenóbio Toscano também é engenheiro.

Apesar de ser um vereador experiente, Lucas não conseguiu gerir a Câmara de Guarabira. Após 09 meses como presidente do legislativo guarabirense, ele renunciou ao cargo.


Lucas Porpino seguiu a linha política de Zenóbio Toscano por muitos anos. O auge de sua carreira ao lado do então prefeito de Guarabira acredito que foi quando denunciou o ‘cemitério de remédios’, fato ocorrido na gestão anterior e que repercutiu nacionalmente. 

No momento, Porpino está no chamado “grupo independente”, porém, ligado diretamente do Governo do Estado, que faz oposição em Guarabira. De independência, então, esse grupo não tem nada. 

Apesar de ter ajudado ZT a ganhar eleição, parece que o que Lucas quer agora é estar ao lado de Paulino nas próximas eleições. É um 'sonho' dele. Sem essa alternativa ele sabe que seguir 'carreira solo' em Guarabira ainda não dá, pois em política é preciso ter voto.

E voltando á drenagem das águas, temos uma obra importante em execução na cidade. Lucas faz um discurso político contrário ou essa obra está, realmente, comprometida, sendo executada de forma errada, como afirma o vereador? Poderemos ter prejuízos no futuro? Qual dos dois engenheiros você acha que está certo, afinal?

Independente de quem esteja certou ou errado, eu repito o escrevi anteriormente: essa situação de inundações no centro de Guarabira é resultado do que a nossa classe política, sem exceção, deixou de fazer no passado, quando muito se falou e discutiu sobre o assunto, mas nada saiu do papel. Só saiu agora, na atual gestão. Sejamos justos. Isso deve ser levado em conta. O que não deve acontecer é iniciar e concluir uma obra que nos traga prejuízos no futuro. #Política


Você pode gostar também

0 comentários