Justiça autoriza estudante de 15 anos a cursar Direito na UEPB de Guarabira

Maria Gabrielle - Foto: Jocélio Francisco Você se lembra daquele caso em que um garoto de ape...

Maria Gabrielle - Foto: Jocélio Francisco

Você se lembra daquele caso em que um garoto de apenas 14 anos conseguiu na Justiça o direito de ocupar uma vaga conquistada em Medicina na Universidade Federal de Sergipe, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu)? Pois bem. Temos um caso semelhante aqui no brejo. Uma garota de 15 anos também concluiu o 2º ano do ensino médio e passou no Enem para cursar Direito em Guarabira (PB).

Maria Gabrielle Celestino Dias é de uma família muito humilde. Filha dos agricultores Maria das Neves Celestino e José Gabriel Dias, a jovem reside no sítio Lagoa Velha, zona rural de Sertãozinho. Muito dedicada aos estudos, chegando a passar 5h diárias estudando, ela conseguiu a nota de 656,10 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ficando na terceira posição de 20 vagas oferecidas pela Universidade Estadual da Paraíba, campus III, de Guarabira.

Para ter direito ao certificado de conclusão do ensino médio antecipado, o pleiteante precisa alcançar uma pontuação mínima de 450 pontos em cada uma das áreas do conhecimento e 500 pontos na prova de redação. Gabrielle, no entanto, fez mais do que o recomendado: na prova que versava sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias, ela obteve nota de 594,3; na prova de Linguagens Códigos e suas Tecnologias, a nota foi de 635,9; em Matemática a estudante tirou nota 558,5 e, por fim, 800 na prova de redação.

Através de uma Ação Declaratória c/c Obrigação dos efeitos da tutela jurisdicional, o advogado Dr. Leomar Costa (19.261 OAB-PB), utilizando como argumentação jurídica os artigos 205 e 208 da Constituição federal de 88 e citando ainda artigos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, conseguiu uma decisão favorável, da Juíza em substituição na Comarca de Pirpirituba, Dra. Virginia de Lima Fernandes Moniz, concedendo em caráter liminar, o direito de Maria Gabrielle, obter junto à Secretaria de Educação do Estado da Paraíba o seu certificado de conclusão do ensino médio e assim, efetuar a matrícula no curso de Direito da UEPB de Guarabira.

Maria Gabrielle estudou no Colégio Estadual João de Freitas Mouzinho, no município de Sertãozinho. Moradora de uma casa humilde - que está sendo reformada com ajuda da paróquia da cidade -, ela nunca frequentou cursinhos preparatórios. E por não ter acesso a internet, a jovem também não tem redes sociais, tablet ou celular de última geração, por exemplo, mas teve força de vontade e é um exemplo de determinação. 

Agora, Gabrielle está começando a colher os frutos de sua dedicação. Acabou de fazer a matrícula na universidade e está preparada para seguir a carreira jurídica. Tanto a família quanto os amigos estão felizes por essa vitória que deve representar muito na vida dessa jovem de, apenas, 15 anos. Essa notícia, de fato, merece destaque. 
*** 
A editoria do blog também parabeniza o advogado Leomar Costa, pelo interesse e pela sensibilidade para com esta causa em favor da jovem Maria Gabrielle. #Sociedade #Educação

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Além de inteligente, dedicada é muito bonita.... Parabéns...

    ResponderExcluir