Zona de Desconforto: O Globo tira blog de Silvia Pilz do ar

Do Comunique-se “Preconceitos velados e disfarçados, de um modo geral, não foram bem aceitos ...

Do Comunique-se

“Preconceitos velados e disfarçados, de um modo geral, não foram bem aceitos pelos leitores politicamente corretos”. É assim que a jornalista Silvia Pilz resume o fechamento de seu blog ‘Zona de Desconforto’ no site do jornal O Globo, após uma onda de manifestações de reprovação, sobretudo nas redes sociais.

A repercussão negativa de seus textos levou ao fim o espaço da colunista na web. O caso mais recente foi do post “O plano cobre”, em que Silvia aborda o comportamento da nova classe média. “Todo pobre tem problema de pressão. Seja real ou imaginário. É uma coisa impressionante. E todos têm fascinação por aferir [verificar] a pressão constantemente. Pobre desmaia em velório, tem queda ou pico de pressão. Em churrascos, não", diz um trecho.

Em artigo que trata o fim do ‘Zona de Desconforto’, a jornalista diz que o propósito do blog era debater assuntos não são naturalmente abordados em jornais, falando de hipocrisia, valores e costumes. “A proposta funcionou enquanto o debate girava em torno de questões sexuais ou temas da família. Mas desandou quando resolvi abordar com a mesma franqueza temas que envolvem minorias, incapazes, desvalidos e desfavorecidos”, disse Silvia, que recebeu uma enxurrada de comentários negativos em diversos textos do acervo.

“A situação tornou-se tragicômica e insustentável para a imagem do jornal O Globo. A onda de reprovação cresceu e tomou proporções insuportáveis quando começaram as ofensas pessoais”, sintetizou a jornalista, que já colaborou para as revistas Marie Claire, Piauí e Playboy. O blog não só foi desativado, como todos os textos já publicados foram removidos do site.

***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários