Exigência do novo extintor em carros é adiada para 1º de julho

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) voltou a adiar a entrada em vigor da   exigência de ext...

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) voltou a adiar a entrada em vigor da exigência de extintores veiculares do tipo ABC nos carros de todo o país. O prazo agora passa a ser 1° de julho, dando mais três meses para os motoristas instalarem o produto.

É a segunda vez que a obrigatoriedade do novo extintor é postergada. Uma resolução anterior do órgão havia tornado obrigatório o uso do modelo ABC desde 1º de janeiro deste ano. A decisão provocou uma corrida às lojas, esgotando o produto do mercado. Com a falta do extintor, a exigência foi adiada pela primeira vez para 1.º de abril.

Para novo atraso no cronograma foi alegado o mesmo motivo: falta do equipamento à venda no mercado. A solicitação foi feita diretamente ao Contran pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Quando a exigência entrar em vigor, a ausência do equipamento renderá multa de 127,60 reais e cinco pontos na carteira de habilitação.

Entre os benefícios do novo extintor, segundo o governo, estão o maior prazo de validade do equipamento e sua maior abrangência no combate a incêndios. O extintor ABC pode combater chamas em estofados e painéis, enquanto o modelo BC, seu antecessor, era eficiente apenas contra fogo em equipamentos elétricos ou causados por líquidos inflamáveis. (Veja, com Estadão Conteúdo)
***

#Política #Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários