Mais de 650 estudantes são beneficiados com serviço de transporte universitário gratuito em Guarabira

Da assessoria da PMG A Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria de Educação, vem presta...

Da assessoria da PMG

A Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria de Educação, vem prestando uma atenção especial aos estudantes universitários que sofriam com os altos custos para o acesso às aulas diárias no ensino superior em outras cidades do Estado.

O serviço de transporte universitário gratuito em Guarabira iniciou-se no começo do ano passado. Uma iniciativa inédita do prefeito Zenóbio Toscano, que após torná-la compromisso durante campanha eleitoral, cumpriu com afinco.

Um investimento mensal orçado em mais de R$ 70 mil com recursos próprios do município. Atualmente, 11 ônibus estão transportando cerca de 680 estudantes tanto para a UEPB local, quanto para universidades e faculdades nas cidades de Bananeiras, Rio Tinto, Mamanguape, João Pessoa, nos três turnos, e para Campina Grande no turno da noite.

De acordo com o secretário de Educação Raimundo Macedo, a qualidade dos transportes, atrelado ao conforto oferecido aos estudantes é um fator de destaque, percebido por estudantes de outros municípios. Para os beneficiados, segundo Raimundo, é um importante serviço que a Prefeitura presta, contribuindo para a renda de seus pais e familiares.

Vale lembrar que, os interessados devem estar munidos de RG, CPF, Título de Eleitor, Comprovante de residência (em nome do universitário ou dos pais), além da Declaração da Universidade/Faculdade. Somente terão direito ao benefício os alunos guarabirenses e que façam graduação.
***

#Institucional #Política

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Conforto? Onde? Pq eu vou pra UEPB daqui feito um animal, num imprensado maldito. 45 pessoas é a capacidade do ônibus, porém, todos os dias, leva mais de 100 alunos pra UEPB, isso em uma única viagem. Pode ser que tenha conforto para os outros, mas para os estudantes da UEPB Campus III Guarabira, não tem nada de conforto mesmo.

    ResponderExcluir