"Os noticiários são úteis, mas muitas vezes nos confundem", diz Dilma em primeiro pronunciamento

Do Comunique-se A presidente Dilma Rousseff fez um pronunciamento veiculado nas cadeiras ...

dilma-pronunciamento


A presidente Dilma Rousseff fez um pronunciamento veiculado nas cadeiras de rádio e televisão nesse domingo, 8, para celebrar o Dia Internacional da Mulher. Na ocasião, primeira declaração em rede nacional em 2015, ela criticou o trabalho da imprensa. “Os noticiários são úteis, mas nem sempre são suficientes. Muitas vezes até nos confundem mais do que nos esclarecem”.

A partir disso, a presidente deu início ao discurso de 15 minutos e pediu atenção das famílias para informações importantes sobre o momento que o Brasil passa, admitindo que o país sofre com problemas conjunturais, em decorrência da crise financeira internacional e da "maior seca da história". “Você tem todo direito de se irritar e de se preocupar, mas lhe peço paciência e compreensão porque esta situação é passageira”, declarou.

Segundo a chefe de Estado, o Brasil tem aprendido a “aplicar duramente a mão da Justiça contra os corruptos”, disse, referindo-se aos recentes episódios envolvendo a Petrobras. Por último, Dilma anunciou que sancionará nesta segunda-feira, 9, a Lei do Feminicídio, que transforma o assassinato de mulheres decorrente de violência doméstica ou de discriminação de gênero em crime hediondo.

Confira, abaixo, a íntegra do pronunciamento:
***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários