Crônica da cidade: Casarão dos Cunha Rêgo passará por reforma; governo municipal pretende reabrir o imóvel como novo espaço cultural de Guarabira

Na manhã desta segunda-feira (06) eu estive visitando o casarão da influente e tradicional famíli...

Na manhã desta segunda-feira (06) eu estive visitando o casarão da influente e tradicional família Cunha Rêgo, localizado no centro histórico de Guarabira (PB). Lá eu fui muito bem recebido pelo senhor Moisés.

Conforme eu apurei, a casa está passando por uma limpeza e sendo preparada para uma reforma por parte da Prefeitura de Guarabira. O prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) me confirmou essa informação.

Enquanto estive no interior da residência, eu pude observar cada detalhe - com a devida permissão, claro (!), e com a explicação pontual do senhor Moisés para quase todas as dependências da casa.

O casarão foi adquirido pela PMG, que está desenvolvendo um projeto de recuperação do imóvel. A ideia é preservar todas as características possíveis da casa, desde fachadas a traços internos, incluindo jardins.

Atualmente, o antigo casarão está apenas sendo preparado para as obras de recuperação que terão início a partir da conclusão e aprovação do projeto arquitetônico específico para o local. Vai ficar bom, acredito.

Quando estiver recuperada, a antiga residência dos Cunha Rêgo será aberta ao público. A intenção de Zenóbio é criar um ‘Casarão da Cultura’, com direito a auditório e outros espaços para eventos.
Esse casarão é, realmente, magnífico, do ponto de vista de sua arquitetura interna e externa, mas, sobretudo, em seu interior – apesar do desgaste causado pelo tempo.

Ao entrar e observar os vários cômodos, considerando que cada um teve uma utilidade no passado, eu senti uma sensação de volta no tempo, provocada, principalmente, pelas paredes que resistem de pé.

Lamento que, talvez, a maior parte dos imóveis históricos do nosso município tenha se perdido, dando lugar a novas formas geométricas que mudaram a paisagem e ‘apagaram’ o que o tempo escreveu.

O que a atual gestão está fazendo, no entanto – buscando reconstruir o passado - deveria se repetir mais vezes e ter sido feito antes, nas gestões anteriores, como sinal de respeito à cultura e à história do nosso povo.

A execução desse projeto no antigo casarão é, a meu ver, importante e ousada. A gestão está de parabéns pela coragem de investir numa obra tão complicada devido os detalhes que devem ser 'realçados' e mantidos. #Sociedade #Política



























Você pode gostar também

1 comentários

  1. Que maravilha! Me tranquilizo com esta notícia, pois este prédio é realmente uma obra de arte e cheio de história em suas paredes e merece ter um tratamento digno. Parabéns a Prefeitura pela excelente iniciativa de preservar a nossa história. Que isso se repita em outros prédios históricos espalhados pela cidade e que ainda resistem as ações do tempo e da modernidade.

    ResponderExcluir