Livre para legislar, Raniery Paulino resiste e não se sujeita às ordens do governador; deputado mantém postura de oposição ao se colocar a favor da CPI do Empreender

O Governo da Paraíba, gerido pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), não quer a instalação da pol...

O Governo da Paraíba, gerido pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), não quer a instalação da polêmica CPI do Empreender (*). A bancada de apoio ao Governo na Assembleia Legislativa acha essa ‘investigação’ desnecessária. Porém, “quem não deve, não teme”.

Os deputados Raniery Paulino (PMDB) e Camila Toscano (PSDB), que são adversários políticos em Guarabira (PB), são também a favor da CPI. Camila é deputada de oposição – declarada. Raniery, então, não se integrou a nenhuma bancada até o momento – se mantém ‘neutro’.

No entanto, o fato de Paulino e Toscano estearem juntos nessa questão específica não quer dizer que os dois estejam do mesmo lado político – eles, apenas, defendem o melhor para a Paraíba. E em se tratando da CPI do Empreender, então, a coerência deve falar mais alto. 

Ainda em relação à postura de RP, no momento em que ele se sentir no direito de reforçar a bancada do Governo na AL, não vai procurar os porta-vozes de RC e muito menos “as peças de refugo” desse governo para anunciar adesão: ele vai direto ao governador.

Por enquanto, Raniery Paulino está livre para cumprir o seu mandato, legislando e preservando sua coerência - apesar do PMDB já está alinhado com o Governo. O parlamentar, no entanto, resiste: mantém postura de oposição ao não se sujeitar às ordens do governador.

(*) A Comissão Parlamentar de Inquérito que tentam instalar é para apurar se há irregularidades na execução do programa Empreender PB, que incentiva geração de emprego e renda através de uma linha de crédito especial do Governo do Estado. #Política

Você pode gostar também

0 comentários