PMDB Jovem de Guarabira emite Nota de descontentamento com grupo ricardista

Na tarde desta quarta-feira (29), integrantes do PMDB Jovem de Guarabira emitiram uma Nota relatan...

Na tarde desta quarta-feira (29), integrantes do PMDB Jovem de Guarabira emitiram uma Nota relatando descontentamento com alguns integrantes da política local. Conforme o texto, no segundo turno das eleições de 2014 foi firmado um compromisso político entre a JPMDB e o grupo Ricardista. O que fora acertado, no entanto, até agora não foi cumprido pelos militantes “girassóis”. A decepção é grande.

A proposta, naquele momento, era para membros do PMDB passassem a integrar a equipe de campanha do então candidato Ricardo Coutinho (PSB) e desenvolver atividades, especificamente junto ao público jovem, sobretudo, nas redes sociais. O trabalho foi feito. Se Ricardo Coutinho fosse reeleito – como ocorreu -, os jovens do PMDB contariam com 12 cargos de confiança no Governo do Estado. 

Apesar de terem feito tudo conforme fora acertado, a liderança do PMDB Jovem lamenta que o acordo firmado entre as partes não tenha sido cumprido pela militância ricardista em Guarabira: composta de “manobristas, caroneiros e líderes anãos”, que agem de forma mesquinha e oportunista em nome de uma 'nova política', diz a nota assinada por Igor da Silva Bento. Confira o texto na íntegra:

*** 
Muito se tem falado de uma ‘nova política’, necessária em nossos dias. Mas parece que esse novo modelo político ainda está bem distante da nossa realidade devido situações como esta, em que a barganha pelo voto é praticada abertamente como algo normal. Neste caso, dificilmente se vota consciente, pelo bem do coletivo – mas em troca de um cargo público ou de algum benefício individual.

Eu entendo que as “conversas”, “acordos” e “promessas” fazem parte da ‘velha política’ que insiste em prevalecer beneficiando um ou outro apenas, enquanto a população continua a mercê, sendo ‘massa de manobra’ e vivendo à margem de políticas públicas de verdade – por direito. Observe! A gente acabou de relatar um exemplo clássico e prático do que ocorre nos bastidores da atual política guarabirense.

Lamento que os jovens do PMDB de Guarabira tenham se deixado levar por acordos políticos dessa natureza. Também por terem sido ludibriados por uma militância descomprometida e oportunista, cujo interesse é ocupar o poder e se beneficiar dele se valendo de cargos públicos para empregar familiares como se tem visto.

Os tempos são difíceis. Não dá para acreditar em todo mundo, principalmente em grupo político de rótulo “independente” que tenta vender uma ilusão - como a de ser uma terceira força que tem uma nova proposta para Guarabira. O que se vê, na verdade, é “mais do mesmo” – o interesse individual como prioridade. Eu creio numa nova política, mas nessa não. #Política

Você pode gostar também

1 comentários