Mudando de comando: Ex-prefeito de Guarabira reafirma que deixará o PMDB para se filiar ao PSB

  Em entrevista ao jornalista Rudney Araújo, da Rádio Cultura AM, o ex-prefeito de Guarabira (PB...

 
Em entrevista ao jornalista Rudney Araújo, da Rádio Cultura AM, o ex-prefeito de Guarabira (PB) José Agostinho (Josa da Padaria) confirmou que vai deixar o PMDB depois de mais de 20 anos filiado e de ter construído sua carreira política no partido. Josa pretende agora seguir ‘carreira solo’ - “independente”, exceto de Ricardo Coutinho (PSB).

Ele revelou ainda, no programa Espaço Aberto, que vai se filiar ao PSB do governador. Se tiver de escolher, então, entre votar em candidato do grupo Paulino ou no indicado do grupo “Girassol” em 2016, é óbvio que para ser ‘coerente’ ele deve votar no candidato do governador: o Governo do Estado já lhe paga para isso.

O aspirante a prefeito de Guarabira disse que deixará o PMDB, mas manterá as amizades. No entanto, apesar de sua relação com o grupo Paulino, Josa da Padaria não concorda com a posição do deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), que é a favor da CPI do Empreender PB para investigar se há irregularidades no programa.

Pelo ‘tom’ de sua fala, Josa deu a entender que se arrependeu de ter votado em Raniery – “que está fazendo oposição ao Governo do Estado”, justificou. Contudo, ele disse que respeita a posição do deputado. A intenção de JP daqui para frente é agradar o governador.

Na opinião de alguns analistas, porém, Josa da Padaria está se deixando iludir pelo ‘movimento dos girassóis’ – algo semelhante à política do interesse, de quem dá mais, entendeu?

Josa foi nomeado gerente do IDEME – Instituto de Desenvolvimento Estadual e Municipal, na segunda região polarizada por Guarabira. O salário é bom. #Política

Você pode gostar também

0 comentários