Deputadas decidem convocar Pâmela para esclarecimentos “antes que algo mais grave aconteça a ela”

Do Blog do Helder Moura Todo esse episódio envolvendo a ex-primeira-dama, Pâmela Bório, e o g...

Do Blog do Helder Moura

Todo esse episódio envolvendo a ex-primeira-dama, Pâmela Bório, e o governador Ricardo Coutinho vai se transformando numa bola de neve. A ofensiva para levar Pâmela de forma coercitiva para prestar depoimento em Delegacia de Polícia, por exemplo, poderá ter precipitado uma reação em cadeia capaz de abalar seriamente o governador.

A contraofensiva vem de toda parte. A última delas, da Assembleia Legislativa: a deputada Camila Toscano, por exemplo, decidiu, na condição de presidente da Comissão de Direito da Mulher, convocar Pâmela para “prestar esclarecimentos” sobre suas denúncias envolvendo o governador, como prática de improbidade, dentre outras.

Segundo a deputada Daniella Ribeiro, que apoia a iniciativa, “a partir do momento em que a ex-primeira-dama afirma que o Governo do Estado vem utilizando meios públicos para promover certas ações contra ela, passa do âmbito privado para o público… então nós temos que ver a parte pública, o uso da máquina administrativa como ela (Pâmela) está denunciando nas redes sociais.”

Ainda segundo Daniella, “é preciso que a ex-primeira-dama seja ouvida antes que algo mais grave aconteça e que não há um espaço melhor para a jornalista Pâmela Bório falar tudo do que a própria Comissão de Direito da Mulher”.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários