Levada a depor pela Polícia Pâmela diz que dinheiro do Jampa financiou campanha de RC e cobra explicações

Do Blog do Helder Moura Sem entrar no mérito do episódio cinematográfico, desta noite de segunda-feira (dia 8), quando a ex-primeira-...

Do Blog do Helder Moura

Sem entrar no mérito do episódio cinematográfico, desta noite de segunda-feira (dia 8), quando a ex-primeira-dama, Pâmela Bório, foi levada a depor de forma coercitiva, o fato é que este novo capítulo incendiou ainda mais um assunto, que provavelmente não é prudente o governador Ricardo Coutinho jogar mais combustível. Pâmela retornou às postagens no Instagram. E foi ferina.

Pâmela voltou a se referir ao escândalo do Jampa Digital e sua associação com assassinado do jovem Bruno Ernesto, e num certo trecho de suas postagens diz: “A Polícia Federal indiciou 23 pessoas por supostas irregularidades no Jampa Digital e concluiu que recursos do projeto foram desviados para financiar a campanha do atual governador da Paraíba, Ricardo Coutinho”.

Noutro mais adiante, quando defende que a ex-secretária Estela Bezerra se explique sobre o desvio dos recursos num programa que não funciona, alfinetou: “O principal responsável , o ex-prefeito e atual governador Ricardo Coutinho também deve dar explicações à sociedade já que, perante ao Judiciário, ele goza da prerrogativa da imunidade e garantia do foro privilegiado.”





***

#Sociedade #Política

Você pode gostar também

0 comentários