Aliado de Zenóbio Toscano chama gestão da ex-prefeita Fátima Paulino de “governo do atraso”; se ele é capaz de dar essa definição a um governo que lhe deu oportunidade, como definiria uma gestão na qual não passa de um mero secretário de meio ambiente?

O secretário de Meio Ambiente de Guarabira (PB), Alcides Camilo, é um cidadão de bem. Disso eu nã...

O secretário de Meio Ambiente de Guarabira (PB), Alcides Camilo, é um cidadão de bem. Disso eu não tenho dúvidas. Porém, o auxiliar do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) anda ‘cuspindo no prato que comeu’. Num grupo de Whatsapp, por exemplo, o responsável pela limpeza urbana do município chamou o governo da ex-prefeita Fátima Paulino (PMDB), do qual fez parte como sub-secretário e vereador, de “governo do atraso”.

Pelo que pude acompanhar, a discussão no grupo era em torno do programa de transporte universitário que o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) está garantindo a estudantes da cidade, cumprindo o que prometera em campanha. Talvez para agradar o ‘patrão’, Alcides esteja espalhando um boato de que se o “governo do atraso” – como ele define hoje o governo de Fátima Paulino - voltar, esse programa acaba.

Mas quem disse isso, afinal? Há alguma declaração de Paulino a cerca desse assunto, por exemplo? Eu quero saber.

O ex-secretário de Fátima também diz que na época do governo do PMDB, sequer, tinha ônibus para a UEPB de Guarabira.

É mentira, secretário! Eu não estou aqui para defender ninguém, mas quero dizer que, como estudante da UEPB/campus III, eu tive acesso a transporte público para a universidade na gestão anterior – pelo menos no período da noite. Reconheço, no entanto, que o ‘programa de transporte público para universitários’ não era tão amplo, em ‘larga escala’, como é hoje na gestão de Zenóbio Toscano.

O senhor, portanto, está equivocado ao afirmar que não teve transporte para universitários no governo passado. Seja justo, Alcides! Reconheça e tente, ao menos, explicar como era antes no “governo do atraso”, quando o senhor chegou a ser líder da prefeita Fátima Paulino por 02 anos como vereador. Se o senhor era líder de um ‘governo atrasado’, o que dizer então de sua atuação na Câmara de Vereadores?

Eu espero que depois o senhor também não chame a gestão de Zenóbio Toscano, de ‘gestão atrasada’ - baseado, por exemplo, nas obras ‘encalhadas’ na cidade. Se você é capaz de chamar um governo que lhe deu oportunidade - de ascender de suplente a vereador titular na Câmara de Guarabira - de “governo do atraso”, como definiria uma gestão na qual o senhor não passa de um mero secretário? #Política

Você pode gostar também

0 comentários