De braços cruzados na ausência

Alguém, por acaso, sabe me dizer por onde andou o secretário de Infraestrutura de Guarabira, o senh...

Alguém, por acaso, sabe me dizer por onde andou o secretário de Infraestrutura de Guarabira, o senhor Marcus Diogo? É que parece que na ausência do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) o auxiliar do governo municipal não teve o mesmo empenho em trabalhar por uma cidade melhor, pelo bem da gestão. Será que ele saiu de férias junto com o prefeito?

Diferente de secretários como Alcides Camilo (Meio Ambiente), Raimundo Macêdo (Educação) e Wellighton Oliveira (Saúde) e Cid Cordeiro (Comunicação), sempre vistos envolvidos com tarefas de suas pastas, Diogo anda meio desligado, ausente e indiferente aos problemas da cidade – se é que o nobre vereador, o mais votado (!), tem ciência de que eles existem.
  
Enquanto ZT passeava lá pelas bandas da Europa, parece que Marcus Diogo também aproveitou o período para relaxar. Não estou afirmando nada. Se ele esteve trabalhando, porém, deve ter gerenciado sua equipe a partir de uma nova modalidade de gestão: à distância, despreocupadamente no conforto de sua sala, talvez. 

Como secretário de uma pasta importante como a Infraestrutura, Marcus Diogo deveria estar ciente de que Guarabira está esburacada! Sim. Há ruas com calçamento solto e bastante esburacadas. A gestão precisa reparar isso. E logo! Além disso, no Parque do Poeta o calçamento já está cedendo e até agora... ninguém fez nada. Veja:





Confesso que eu não sei se Zenóbio Toscano foi informado das condições que se encontra o Parque Ronaldo Cunha Lima - ainda inacabado. Foi? Embora seja uma obra nova e importante, sobre a qual eu já escrevi e aprovei aqui no blog, aquele espaço parece estar abandonado. Todavia, não é intenção do prefeito abandoná-lo, acredito.

Cabe, então, aos auxiliares do governo e, sobretudo, ao secretário Marcus Diogo, responsável pela infraestrutura do município, deixar o comodismo de lado e ir a campo, observar, produzir relatórios e deixar o chefe do Executivo municipal informado dos problemas que causam transtorno a população, buscando solucioná-los. Afinal, os auxiliares de ZT são pagos para isso.

É por causa de gente descompromissada com a gestão, que o prefeito - seja ele quem for – é muitas vezes obrigado a conviver com críticas todos os dias, nas redes sociais e, principalmente, no rádio - por causa de gente cujo interesse maior está, apenas, no salário. Espero que não seja o caso do nobre secretário Marcus Diogo. #Política #Opinião 







Você pode gostar também

0 comentários