Filme antigo: Artistas de Guarabira fazem novo protesto nesta sexta-feira, 17

Eu já escrevi aqui sobre acertos e erros do prefeito de Guarabira (PB) Zenóbio Toscano (PSDB), na área cultural. Embora a gestão tenha reab...

Eu já escrevi aqui sobre acertos e erros do prefeito de Guarabira (PB) Zenóbio Toscano (PSDB), na área cultural. Embora a gestão tenha reaberto as praças de cultura do município, projetos semanais como o “Quinta tem Talento” e “Vamos ao Teatro”, pararam de novo. E faz tempo, viu. Isso, então, abre um precedente para críticas, sobretudo da classe artística local e da oposição ao governo vigente na cidade.

E por falar em críticas, nesta sexta-feira (17) acontece um novo protesto de artistas contra o que eles estão chamando de “ditadura cultural do prefeito Zenóbio”. É legítimo o direito que eles têm de protestar contra a atual gestão ‘pela falta de políticas públicas relacionadas à cultura’. No entanto, para ser justo, eu gostaria de entender melhor o motivo específico para a realização de mais um novo protesto.

Há, de fato, projetos culturais que tenham sido rejeitados pela administração pública municipal sem diálogo e a devida justificativa, causando tristeza e revolta na classe? E quais são eles, afinal - pelo menos os mais importantes? Eu gostaria de saber. Não me interessa o episódio da Casa da Cultura, por favor. Ou o protesto de vocês é contra Zenóbio Toscano só porque ele está no poder? Não foram vocês mesmos que ajudaram a elegê-lo? 

Gente, vocês artistas precisam ser mais claros! Eu não estou aqui para defender o governo municipal e muito menos uma classe artística desunida. O meu interesse é por argumentos para poder fundamentar os meus comentários no blog, tanto em relação à gestão municipal, quanto aos anseios de quem faz arte, por exemplo. Sem argumentos, realmente, não há como dialogar. E criticar por criticar é fácil demais.

Pelo que observo, assim como cobram mais investimento da parte do município na área cultural, também falta união da classe artística local, respeito ao próximo e ao contraditório. Muitos querem ter prestígio, mas as vezes se omitem em prestigiar e participar dos poucos eventos culturais realizados pela Prefeitura de Guarabira. O fato de ter ou não votado em ZT, não justifica uma ausência nesses eventos.

Na noite desta quinta-feira (16) aconteceu a abertura de mais uma exposição, a “Cores do Brejo”, com telas de artistas da nova geração à velha guarda artística guarabirense. Para quem não foi, fica a dica: a exposição é aberta a todos, gratuitamente. E as obras colocadas para apreciação na galeria de artes são de artistas locais e da região. Tem algumas estreias, inclusive. Assim, merecem a nossa atenção. Toda a atenção possível.

Apesar de tudo, não dá para negar: Zenóbio tem investido – muito ou pouco, mas tem investido – em exposições. Eu, inclusive, participo da maioria. Gente, não há gestão perfeita. E em relação à cultura então, nem se fala. Se viver de arte nesse país já é difícil, imagina por aqui. Contudo, isso não é motivo para desistir de cobrar mais da gestão, pois existem recursos destinados para a pasta de Cultura.

Por fim, este não será o último protesto realizado em Guarabira. E a gestão de Zenóbio Toscano não será a última gestão contra a qual haverão de protestar. Quem é oposição hoje, amanhã estará no poder. E não está isento de protestos como este que ocorre hoje. Portanto, é bom pensar e medir as palavras para não ter de voltar atrás quando “você”, de certa forma, for o alvo das críticas. Eu já vi esse filme antes. #Política #Cultura




Você pode gostar também

0 comentários