O problema da violência na Paraíba é realmente de gestão, será?

Foto: Francisco França Pensa comigo, leitor. Assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da S...

Foto: Francisco França

Pensa comigo, leitor. Assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez recentemente, em reconhecimento pelas falhas do governo do PT, apoiado por ele, você não acha que o governador da Paraíba Ricardo Vieira Coutinho deveria reconhecer também que seu governo está no ‘volume morto’? E bem mais que isso (!): que sua política de segurança pública está abaixo desse volume? Não responda agora. Apenas reflita comigo.

O chefe do Executivo Estadual deve estar ciente de que são mais de 750 homicídios em apenas seis meses aqui no Estado. Fora isso, 75 assaltos a agências bancárias já foram registrados este ano aqui na Paraíba. E os bandidos continuam atuando, sem hesitar, à noite ou em plena luz do dia, assaltando estabelecimentos comerciais, escolas, e, principalmente, cidadãos de bem como eu você, na capital e em municípios do interior.

Ricardo Coutinho, enquanto candidato, disse que o problema da violência na Paraíba era de gestão. Lembra? Naquele momento, ele fez uso de seu tempo no guia para prometer resolver o problema em seis meses. Resolveu? Não. O tempo passou e nada mudou para melhor: a violência no Estado só cresceu e está atingindo níveis alarmantes.

A tranquila capital João Pessoa, por exemplo, está no ranking das 50 cidades mais violentas do mundo, de acordo com pesquisa de uma ONG Mexicana: passou de 29º lugar, há quatro anos; para o 4º lugar, no ano passado. Mas o governador RC insiste em negar a realidade e culpar a oposição e a mídia pela cobertura e divulgação de fatos e ocorrências policiais.

Concluindo. Se o problema da violência na Paraíba era realmente de gestão, como dizia RC com a promessa de baixar um decreto para controlar a violência em seis meses, o que dizer então da gestão vigente? Ricardo mentiu para o povo, seu plano fracassou ou ele simplesmente está sendo omisso em reconhecer ser incompetente para dar uma solução para este problema? 

O problema da violência na PB é realmente de gestão, senhor governador?

Segurança pública e violência são coisas distintas. Mas sem segurança, a violência toda conta do Estado.

Só falta agora Ricardo Coutinho fazer um discurso para confirmar que a violência existe e que o povo paraibano está obrigado a conviver com ela.#Política

Você pode gostar também

0 comentários