“Serviço indisponível” no Bradesco de Guarabira. Para quem apelar?

Tarde de sábado. Às 16h33 pelo horário de Brasília (DF). Mais uma vez eu presenciei uma situação de...

Tarde de sábado. Às 16h33 pelo horário de Brasília (DF). Mais uma vez eu presenciei uma situação de transtorno ao cliente. Sim. A um de muitos clientes do Bradesco da cidade de Guarabira (PB).

Responda para mim, leitor: o que esperar de um banco como o Bradesco, sobretudo num final de semana num município como Guarabira? Se você respondeu “serviços indisponíveis”, está correto.

Pois bem. No sábado (11), eu acompanhei uma pessoa que, assim como ocorreu comigo, tentou sacar uma grana no caixa eletrônico desse banco. Este serviço, porém, estava indisponível de novo. Resultado: o cliente saiu sem dinheiro.

Dos caixas da agência, alguns estavam com serviço de saque indisponível. Um deles estava ativo apenas para serviço sem cartão. Os demais indicavam ‘fora de operação’ e em ‘manutenção’. Veja:







Para quem apelar, então, quando você, que paga taxas altíssimas ao seu banco, se dirige ao caixa eletrônico dele e não consegue completar um serviço básico - essencial para você naquele momento?

O jeito é tornar isso público na Fan Page do banco, nas rádios e, principalmente, entre os seus amigos na internet. Depois, a dica é beber água, respirar fundo e relaxar para não ‘morrer do coração’.

O Bradesco de Guarabira mais uma vez dá uma demonstração clara de ineficiência e total desrespeito aos seus clientes. E nada, nada justifica essa situação nos caixas, mesmo em pleno final de semana.

Como não é a primeira vez que isso ocorre no Bradesco de Guarabira, cidade com quase 60 mil habitantes que polariza uma região, cabe as autoridades competentes fazerem este banco rever o seu expediente.

A gente sabe que a insegurança é grande. Vários crimes, inclusive, têm sido cometidos contra agências bancárias, eu sei. Mas isso, de modo algum, justifica o transtorno causado aos clientes.

Eu sempre digo: a gente paga caro para viver nesse país. E grande parte do nosso dinheiro vai para os bancos, que estão pouco preocupados em oferecer o devido atendimento e serviço ao cliente. #Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários