Atleta guarabirense pode participar de campeonato brasileiro de Tae Kwon Do sem apoio da PMG; estudante apela para o comércio

Este blog é bastante generoso. Quem nos acompanha sabe disso. Aqui a gente não costuma fazer crít...

Este blog é bastante generoso. Quem nos acompanha sabe disso. Aqui a gente não costuma fazer críticas à gestão do prefeito Zenóbio Toscano (PSBD), apenas, para agradar uma parcela do público ou por aversão ao governo do PSDB, por exemplo. As críticas do Caderno de Matérias têm sido pontuais: primeiro aos auxiliares da atual gestão, depois ao próprio prefeito – caso ele não atente para nossos apelos.

Faz quatro semanas que o jovem Josepph Washington (16), praticante de artes marciais, deixou um ofício com a chefia de gabinete do prefeito Zenóbio, buscando apoio para participar do 32º Campeonato Brasileiro de Tae Kwon Do em São Luis, no Maranhão. Até o momento, porém, o guarabirense não havia recebido resposta: se poderia contar ou não com apoio da Prefeitura de Guarabira. A viagem está marcada para esta quarta-feira (02).

Atendendo convite do Hora da Notícia, da Guarabira FM, Josepph Washington aceitou ser entrevistado pelos âncoras do horário – Antônio Santos e eu. Durante o jornalístico, ele fez um resumo de sua carreira como atleta de artes marciais e confirmou que há quatro semanas deixou um ofício na PMG e não teve respostas. É. Talvez, o ofício tenha sido engavetado pelo auxiliar da pasta.

O que me deixa revoltado é não dar o devido respeito e atenção a um atleta do município que tem no currículo os títulos de tricampeão paraibano de Box Chinês, vice-campeão brasileiro e bicampeão paraibano de Muay Thai e tetracampeão paraibano de Tae Kwon Do, e que ainda aspira representar a Paraíba num campeonato brasileiro - com chances de trazer uma nova medalha para o município.

Dói ver um jovem estudante de 16 anos - que já vota (!) – contar, somente, com incentivo da família para seguir em frente com seu sonho de se tornar um atleta mundialmente conhecido. O caminho é longo, eu sei. Mas ele já vem trilhando esse longo caminho contando vitórias e colecionando títulos na parede de casa.

Com sua idade, Josepph Washington poderia está vendendo ou consumindo drogas, se prostituindo ou fazendo desordem, por exemplo. No entanto, ele escolheu se dedicar aos estudos, porém sem deixar de acreditar no seu potencial esportivo, e de batalhar por mais e mais títulos, mesmo ciente das limitações e da falta de apoio.

A prefeitura poderia ajudar, pois há recursos para isso. O prefeito e os vereadores também deveriam contribuir – diferente de mim, eles não são assalariados. Uma ajuda de custo não ‘quebraria’ nenhum comerciante da cidade, sobretudo sabendo que R$ 700,00 é o bastante para motivar nosso atleta a ganhar a competição. Sim! Ele precisa de apenas R$ 700 reais. 

Como disse no rádio, eu tomei ciência hoje de que Josepph estava buscando apoio para participar do campeonato. Na mesma hora, via Whatsapp, eu informei ao prefeito Zenóbio. Ele me respondeu no final da tarde. “Ninguém me procurou. Estou sabendo agora”, me disse.

Se Zenóbio não estiver tentando justificar a ausência do poder público local nesse sentido, alguém no governo deve estar trabalhando errado - embora esteja sendo pago com dinheiro público para trabalhar pela população evitando críticas à gestão. Parece que Dércio tinha razão.

Quem quiser ajudar o rapaz, pode ligar pelo (83) 9 9891-4827. #Política #Sociedade

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Bom, dia, por favor corrija Tai kwon do para TAE KWONDO DO.

    ResponderExcluir
  2. Foi difícil, mas finalmente atingimos a meta do valor necessário para que ele viajasse, e fosse em busca deste "sonho" ... Boa sorte Josepph Washington ...

    ResponderExcluir