EXCLUSIVO: Belarmino Mariano se filia ao PSOL e pode ser candidato nas eleições de 2016 em Guarabira

Foto: Facebook de Belarmino Mariano O professor Belarmino Mariano Neto acaba de se filiar ...

Foto: Facebook de Belarmino Mariano

O professor Belarmino Mariano Neto acaba de se filiar ao PSOL, com o qual ele já vinha ‘negociando’, discutindo e lendo as propostas do partido. A filiação ocorreu na sexta-feira (31), após demonstrar insatisfação e deixar o PSB do governador Ricardo Coutinho.

Em contato com a editoria do blog, Belo confirmou sua filiação, mas disse que ainda não discutiu questões políticas eleitorais com os demais membros do partido. Em seu perfil no FacebookMariano justificou sua filiação ao PSOL, à qual definiu como “nova experiência”:


O PSOL pretende lançar candidaturas em todos os municípios com diretório. Em Guarabira a sigla dispõe de três nomes como possíveis candidatos a prefeito: um da área empresarial, outro da educação e mais um ligado à cultura. Belo está entre eles, garante uma fonte. 

Até o final de setembro o PSOL deve anunciar definições, embora o processo de novas filiações já esteja acontecendo. É possível até que os que deixaram o PSB ultimamente se juntem a essa nova proposta se filiando e fortalecendo o partido em Guarabira. #Política

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Passo aqui para agradecer ao Joseilton Gomes (Ikeda) pelo espaço dado para minha filiação ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em Guarabira. Seu artigo reconhece a importância em fortalecermos o campo das esquerdas e me sinto confortável para registrar que Guarabira é uma cidade com profundas marcas em sua história política desse campo. Lembramos de eminentes políticos como Osmar de Aquino e Maria do Carmo de Aquino (Maria Cuba) perseguida pela ditadura militar; João Pedro Teixeira (líder camponês), filho de Guarabira, do antigo povoado e distrito de Pilõezinhos, muito bem retratado no livro de Nonato Nunes, também perseguido e morto pela Ditadura Militar e, para não me delongar, relembro o famoso e velho Comunista "Chico do Baita", sapateiro e defensor de ideias socialistas, ideias de liberdade e defesa dos oprimidos. Guarabira inspira a arte a e cultura de protestos contra as injustiças sociais. Nestes termos, acredito que vale apena resgatar esse campo da esquerda, pois o povo de Guarabira é fascinado pela vida e pela cena política. Infelizmente, quando alguns grupos se apoderam da vida pública em nome da política, mas não cumprem o mínimo necessário aos avanços sociais, econômicos e culturais do lugar, todos saem perdendo. Mesmo vendo que aqui na cidade, parece existir "duas torcidas", muito bem organizadas, com charangas e burrinhas de cachaça para os dias das campanhas, temos consciência que Guarabira não se resume a esses dois blocos, a essas duas torcidas. Aqui na cidade existem muitos cidadãos que ficam na sua vida, mas percebem muito bem as manobras locais em que muitos perdem, enquanto alguns poucos se locupletaram com o erário público. Lembro do poeta Toinho de Aripibu, muito bem interpretado por Zé Ramalho, quando dia em seu poema; "Tô vendo tudo, tudo, mas fico calado faz de conta que sou mudo". Gostaria de destacar que nem todos os políticos locais agem de má fé, que alguns poucos possuem o censo crítico e até esboçam reações contrárias a esse jogo político. Estou em Guarabira faz exatos 15 anos, tenho duas filhas naturais de Guarabira, nascidas na ex-maternidade Nossa Senhora da Luz, isso significa dizer que meu sangue já se misturou com o dessa terra e dessa gente, então como cidadão, em título concedido pela Câmara de vereadores (propositura do /vereador Beto Meireles) e como um leitor do Mestre Confúcio, teimo em acreditar na boa Política, na ética e na moral dos bons homens e das mulheres de bem que existem em todos os lugares. Nestes termos, sabemos muito bem que na política não existem espaços vazios e a escolha pelo PSOL, não foi atoa, nem muito menos, por oportunismo político, pois todos sabemos da pedregosidade desse caminho, em que os partidos pequenos e ideológicos precisam enfrentar, para firmar posição, para defender seus ideias e o seu programa de transformação social. Mas, diante das adversidades, diante das trilhas curvas e acidantes, da Serra da Borborema, vemos as mais bonitas paisagens se encontrando com o horizonte. Parece utopismo, mas sou assumidamente um Utópico, porém, a minha Utopia É Ativa! Nesse sentido, sei o tamanho do desafio e o PSOL é um partido de programa que mira para o socialismo com liberdade, com estratégias e pedagogias políticas que se desenvolvem em curto, médio e longo prazo. A semente do PSOL de Guarabira já foi plantada faz algum tempo, já nasceu e mesmo sombreada por velhas árvores dessa floresta partidária, são os companheiros e companheiras de partido, que regam e cuidam dessa pequena muda de socialismo. Espero que a minha chegada represente um pouco mais de adubo orgânico e água limpa, para que a gente regue essa muda para mudanças significativas. Para agora, gostaria de agradecer as dezenas de mensagens positivas de companheiros e companheiras que vivem e atuam em diferentes áreas: Estudantes, sindicalistas, artistas, jovens, pequenos empresários, educadores, servidores públicos, comerciantes e agentes culturais,entre outros. Saudações Socialistas e Libertárias.

    ResponderExcluir