“O homem é um experimento: o tempo dirá se valeu a pena”

Como escrevi no microblog Twitter (@JoseiltonGomes), tudo indica que em Guarabira (PB) haverá, pelo menos, três candidaturas nas eleições ...

Como escrevi no microblog Twitter (@JoseiltonGomes), tudo indica que em Guarabira (PB) haverá, pelo menos, três candidaturas nas eleições de 2016: a do criador, a da criatura e a do experimento. Pode haver ainda a do PSOL.

É legítimo o interesse do PSB em lançar candidatura própria no município? É. Porém, a expectativa que eu tenho é a de saber com que discurso os “girassóis” vão tentar convencer o eleitor guarabirense de que têm o melhor para a cidade.

É que em quase tudo o bloco do governador Ricardo Coutinho em Guarabira se assemelha ao grupo de Zenóbio Toscano, tanto que a maioria dos integrantes veio do grupo liderado pelo PSDB e o líder deles foi discípulo e aprendeu com o prefeito Zenóbio.

A campanha ainda não começou. Mas já tem gente sendo perseguida. Parece que a ordem é essa: quem for contratado do Governo e não declarar apoio ao #SomosTodosGirassois, que seja exonerado (!) – perde o emprego na hora, sem dó nem piedade.

Talvez tenha sido isso que ocorreu, por exemplo, com o professor Caio, demitido do Colégio Polivalente na semana passada. A informação da 2ª Gerência de Educação é a de que o docente foi exonerado por excesso de servidores no Governo. Será?

Eu não creio. Isso não justifica a demissão de um servidor que estava prestando um serviço relevante com eficiência e dedicação. A prova disso é que estudantes do colégio até fizeram protesto pela readmissão do docente na porta da Gerência de Educação.

Do colégio que o professor Caio ensinava foram demitidos, pelo menos, 10 servidores. Agora eu pergunto: quem me garante que daqui para a eleição do ano que vem esses mesmos cargos não serão preenchidos ou “trocados por votos” em favor do candidato do PSB?

Embora queiram mudança na política de Guarabira – todos nós queremos (!) - até agora os que fazem o grupo “girassóis” se valem de uma “velha e deslavada política”, como definiu o professor Belarmino Mariano, ex-militante do PSB de Guarabira.

No último sábado (08) aconteceu a instalação da Juventude Socialista em Guarabira. Diferente da solenidade anterior, da comissão provisória da legenda no município, o evento do final de semana foi bastante prestigiado. Difícil era saber quem ali não tinha contracheque do Estado...

Vou ficando por aqui, ciente de que até a eleição de 2016 muita coisa vai acontecer na política local. E o povo, que não é besta, vai ver ‘quem é quem’ - "quem tem preço e quem tem valores". Em Guarabira coerência tem nome e eu já escrevi sobre isso aqui no blog. 

Na disputa pelo poder, o criador não tem nada a perder – o risco é de ganhar a eleição. A criatura, no entanto, deve se preocupar em superar o criador, pois não vai ser fácil vencê-lo. Já o experimento, tem muito a ver com a criação: a diferença é que não provou que tem voto.

Parafraseando o escritor e humorista norte-americano Mark Twain, “o homem é um experimento: o tempo dirá se valeu a pena”. 

#Política #Opinião

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Já havia comentado sobre criado e criatura na política guarabirense, mas agora ver esse tema acrescido de um experimento foi muito interessante. As palavras foram bem colocadas, inclusive de ter Belarmino como outra opção. Quem viver verá!

    ResponderExcluir