Times simulam 'missão militar' em 1º Encontro de Airsoft em Guarabira

Na manhã deste domingo (30) aconteceu 1º Encontro de Airsoft de Guarabira (PB). O evento contou ...

Na manhã deste domingo (30) aconteceu 1º Encontro de Airsoft de Guarabira (PB). O evento contou com participação de duas equipes: Comando Alfa Airsoft Team (CAAT), de Guarabira; e o grupo de Airsoft Fuzileiros de Campina Grande, como convidados especiais para simulação de missão militar.

A missão foi denominada “operação Chernobil”. A proposta era evitar que uma bomba fosse detonada na área de combate onde o jogo acontece: um dos grupos tinha o objetivo de detoná-la, enquanto o outro tinha a missão de impedir a explosão.

O Airsoft é um jogo que simula uma operação militar, como recreação, com armas de pressão – porém, semelhantes a armas de verdade – mas que atiram projéteis plásticos não letais. Além da caracterização, os jogadores usam equipamentos de segurança.

O encontro deste domingo teve início às 5h. Nesta primeira edição do evento, apenas convidados puderam acompanhar a missão de perto e conhecer um pouco mais desse esporte que tem crescido na Paraíba. O Engenho Maribondo foi o local onde missão aconteceu.

Os grupos são formados por empresários, policiais, ex-combatentes das Forças Armadas, comerciantes, estudantes, entre outros. Porém, para participar de um dos grupos, o jogador passa por uma avaliação, deve portar documentos, ter material (arma, farda) e seguir regras.


Conforme Swelyton Barbosa, um dos líderes do time de Guarabira, quem se habilitar a praticar Airsoft, aprende a lidar com armas, alvos e recebe instruções militares, por exemplo, desde que tenha sido avaliado e esteja dentro dos pré-requisitos para permanecer no time.

As armas são compradas legalmente e seu uso é restrito à prática do esporte. apenas. Em Guarabira os encontros são semanais - aos domingos - quando os jogadores se reúnem para melhorar a pontaria e se divertir com um esporte que é pura adrenalina. #Sociedade 



FOTOS DO ENCONTRO

















Você pode gostar também

0 comentários