A fonte secou e o PT está endividado com o povo brasileiro

O Partido dos Trabalhadores está em débito com a nação. Aquele partido, cuja ideologia era de ser diferente dos outros partidos, se nivelou...

O Partido dos Trabalhadores está em débito com a nação. Aquele partido, cuja ideologia era de ser diferente dos outros partidos, se nivelou e virou um partido burguês, semelhante aos demais, corrupto (!), se mantendo no poder à base de mentiras, desestabilizando o país.

O PT de Dilma Rousseff levou o Brasil para o ‘volume morto’, assim como ocorreu com o abastecimento de água em São Paulo devido à falta de chuvas naquele Estado. Já em relação à Dilma, lhe faltou, principalmente, competência para gerir.

O próprio Lula, que deixou o poder com altos índices de popularidade, reconheceu que sua sucessora mentiu durante a campanha eleitoral de 2014 e, consequentemente, afundou o país. Lula disse que Dilma está no volume morto. E o PT está abaixo desse volume.

O reconhecimento da situação preocupante pela qual passa o Brasil, por parte do ex-presidente Lula, se deu em junho de 2015, quando ele também declarou que, embora o PT ainda seja o melhor partido – na sua concepção -, eles – do PT – estão perdendo para eles mesmos.

O PT se supera a cada dia, graças à presidenta incompetenta Dilma Rousseff, que prometeu não mexer no direito dos trabalhadores, nem que a ‘vaca tussa’. E mexeu. Ela também prometeu que não iria fazer ajuste, que ajuste era coisa de ‘tucano’. E fez.

Se promessa é dívida, então o PT está endividado com o povo brasileiro. E atenção! Interrompemos este editorial para a última notícia: “Governo vai cortar Programa Farmácia Popular e tirar dinheiro de UPAs e Samu” no ano que vem. É que a fonte secou.

É triste, mas é verdade: negociando influência e cargos públicos, a maioria dos políticos brasileiros está preocupada, apenas, em fazer política para si, não em benefício da população. E tem sido assim também no PT – pelo menos no PT de Dilma Rousseff. #Política 


Você pode gostar também

0 comentários