Os loucos mudaram o mundo

Por Belarmino Mariano Neto Esta semana um amigo me ligou para dizer que estava numa reunião p...

Por Belarmino Mariano Neto

Esta semana um amigo me ligou para dizer que estava numa reunião política aqui em Guarabira e uma pessoa influente na política local resolveu comentar sobre uma possível candidatura do PSOL. Ele começou dizendo que as pessoas que estão no PSOl de Guarabira são uns doidos que acham que entendem de política, mas na verdade, não entendem nada.

“Vejam que loucura, uma partido nanico, sem tradição politica alguma, terá condições de enfrentar duas famílias tradicionais, como os toscanos e os paulinos?”, indagou o orador. A resposta é simples, claro que não.

O parlamentar continuou dizendo que a política é pra quem tem poder econômico e tradição, pois é um jogo de quem tem poder e de quem tem máquina para ganhar eleição.

“O PSOL de Guarabira não passa de meia dúzia de lunáticos, querendo que a roda grande passe por dentro da roda pequena. Isso não entra na cabeça de ninguém. Só os loucos e sonhadores que acreditam em utopia, podem pensar assim”, declarou o orador.

O interessante é ter observado que os presentes deram total razão ao falante.
Claro que foi uma reunião para discutirem nomes de candidatos e possíveis coligações ou alianças. Imaginem quem são estes articuladores e qual o motivo para que uma das lideranças tivesse que falar sobre o PSOL em meio a um grupo com mais de quinze integrantes?

Qual a intenção em convencer os demais que os membros de que o PSOL de Guarabira são “doidos”, “loucos” e/ou “lunáticos”? Bem, uma coisa é certa: não falaram que os membros do PSOL são corruptos, estejam em esquemas para comprar lideranças locais ou com negociatas para um possível apoio a esse ou aquele candidato da situação, seja em nível municipal ou estadual.

Tirei uma pequena lição desse acontecimento e compartilho com vocês. Primeiro: parece que o PSOL começou a preocupar alguns grupos políticos locais, pelo simples fato de que poderá lançar candidaturas próprias para prefeito e para vereador.

Esse medo do PSOL tende a aumentar, pois sabem muito bem que se seus candidatos não chegarem a ser eleitos, com certeza os votos que o PSOL obtiver, fortalecem apenas o PSOL, pois não somarão para outras legendas corruptas.

O eleitor que democraticamente votar, com certeza não terá sido comprado ou corrompido pelo PSOL. Todos os votos obtidos pelo PSOL serão votos completamente conscientes e servirão como um termômetro da insatisfação popular a essa velha política do toma-lá-dá-cá.

Ainda vamos informar mais:de acordo com dados do TER-PB, em 2012, mais de 11 mil eleitores de Guarabira, votaram em branco, nulo, ou simplesmente se abstiveram de votar. Isso representou 21% dos 32 mil eleitores guarabirenses.

Essa soma elegeria de 04 a 05 vereadores. Ou seja, pessoas que não se dobraram a essa velha política da compra de votos. Isso representa uma população descontente, insatisfeita e quem sabe, disposta a vota na mudança.

Se essas pessoas optarem em votar no PSOL, teremos condições de mudar a correlação de forças, dentro de uma câmara viciada, em que a maioria dos eleitos, até o momento, ficam apenas negociando seus apoios a grupos políticos que estão no poder.

Então, mesmo sem dinheiro, mesmo sem grandes mídias pagas ou empresas de comunicação para defender o nome do PSOL, nós utilizaremos o corpo-a-corpo, das rodas de conversas aos finais de tarde, das visitas às famílias, dos encontros casuais em bancos, feiras e mercadinhos, para divulgarmos as propostas do PSOL para Guarabira.

Já sabemos de uma coisa, as redes sociais não servem apenas para publicarmos besteiras. Servem também para divulgarmos o nosso programa, as nossas ideias. Então, a política de Guarabira verá que chegou a hora de lançarmos candidaturas próprias e não adianta tentarem desqualificar os nossos quadros políticos, os nossos ativistas, pois os loucos na verdade mudaram o mundo, então respeitem os loucos, os cabelos brancos de muitos e a juventude nas novas gerações, pois enquanto houver utopia, existirá esperança de mudanças. Isso se chama Educação Política com nome e sobrenome. PSOL-50 – Dez anos de Experiência!

Saudações Socialistas e Libertárias.

Albert Einstein nasceu em 1879, Viveu até 1955 - Foi considerado um louco. Tornou-se Matemático, Físico e em 1921 Ganhou o Prêmio Nobel de Física. Ao longo da vida desenvolveu as mais fascinantes teorias da física moderna e contemporânea.
***

#Política #Sociedade #Opinião 

Você pode gostar também

1 comentários

  1. É Ikeda, parece que estão com medo dos loucos do PSOL. Na verdade, quando as pessoas apelam esse tipo de argumento, então fazer o quê? Por enquanto estou preferindo pensar que a Política pode ser educativa. Por isso estamos convictos de quê, em Guarabira, só o novo será capaz de preencher o espaço da ética e moral política. Não adianta pensar que uma flor de plástico substitui o Sol em que Guarabira se ilumina.

    ResponderExcluir