Raniery discorda do posicionamento de Maranhão em mudança nos comandos do PMDB de Rio Tinto e Itapororoca

Por Chico Soares, para o PB Vale O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), em entrevista a ...

Por Chico Soares, para o PB Vale

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), em entrevista a Rádio Correio do Vale FM, disse que não recebeu nenhum comunicado do senador José Maranhão em relação à mudança dos diretórios dos municípios de Rio Tinto e Itapororoca. O peemedebista afirmou que não concorda com essa decisão do presidente do PMDB estadual José Maranhão e que irá recorrer da decisão a executiva nacional.

O senador José Maranhão garantiu ao casal de ex-prefeitos de Rio Tinto, médicos – José de Almeida Braga e Vânia Lisboa, que o PMDB será dirigido por eles na cidade, por conta da infidelidade partidária da atual prefeita, Dudu de Brizola e dos ex-prefeitos Marcus e Magna Gerbasi, que apesar de serem do PMDB, apoiaram as candidaturas do tucano Cássio Cunha Lima para governador e do petebista Wilson Santigo, que concorreu ao cargo de senador. Cássio e Wilson foram derrotados nas urnas.

Raniery afirmou que sempre esteve ao lado das causas do PMDB e do senador José Maranhão, mas compreende que houve um equivoco das lideranças riotintenses de terem apoiado candidatos de outros partidos.

De acordo com o parlamentar peemedebista, tanto a prefeita Dudu de Brizola como a ex-prefeita Magna Gerbasi são favoritas a ganhar as eleições do próximo ano, por isso quer que o partido permaneça com o grupo de situação.

A respeito do PMDB de Itapororoca, Raniery luta para a família Madruga continuar a frente do diretório municipal. Do outro lado, os deputados – Manoel Júnior (federal) e Trocolli Júnior (estadual), além do senador José Maranhão, querem o partido sobre o comando do ex-prefeito da cidade, Erilson Claúdio Rodrigues.

O parlamentar defende o nome da vereadora Neuza Madruga para presidir o diretório do PMDB de Itapororoca.  Raniery quer que Maranhão faça uma análise das pessoas que deve presidir o partido nas respectivas cidades.

Há quem diga que José Maranhão ficou decepcionado de não ter tido o apoio das famílias do saudoso João Madruga (Mataraca), da prefeita Isaurininha Meireles (Cuité de Mamanguape), José Adamator Madruga (Itapororoca), Marcus Gerbasi e Magna Gerbasi, e da prefeita Dudu de Brizola em (Rio Tinto).
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários