Após assembleia, professores da UFPB decidem encerrar greve

Do G1 PB Os professores da Universidade Federal da  Paraíba  (UFPB) decidiram encerrar a greve que já durava 132 dias, de acordo com a ...

Do G1 PB

Os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiram encerrar a greve que já durava 132 dias, de acordo com a assessoria de imprensa da imprensa da Sindicato dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (AdufPB). A decisão foi tomada nesta terça-feira (6), após uma assembleia realizada no Centro de Vivências da UFPB, no Campus de João Pessoa. As aulas devem ser retomadas na próxima terça-feira (13).

Durante a assembleia, foram contabilizados apenas dois votos contra o fim da paralisação e duas abstenções. Segundo a assessoria de imprensa da Adufpb, apesar da definição pelo retorno, uma nova assembleia vai ser agendada para reavaliar a mobilização da categoria. Além disso, o órgão informou que os professores aprovaram também uma sugestão diretrizes para serem sugeridas ao Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) para o retorno às aulas.

Os professores tinham iniciado a greve por tempo indeterminado no dia 28 de maio. A pauta da paralisação foi a campanha salarial, em conjunto com os demais servidores públicos federais do Poder Executivo, e questões de caráter mais específico, predominantemente relativas a benefícios, verbas, carreira e condições de trabalho.

No mês de julho, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) suspendeu o calendário de aulas da universidade durante o período de greve. Com a suspensão, as aulas nos campi da UFPB ficaram oficialmente paralisadas enquanto durar a greve.
***

#Sociedade #Política #Educação

Você pode gostar também

0 comentários