De quem é a culpa, prefeito?

Eu já escrevi sobre os projetos que a Prefeitura de Guarabira vinha desenvolvendo na área de Cultura. Inclusive, elogiei a gestão pelas ati...

Eu já escrevi sobre os projetos que a Prefeitura de Guarabira vinha desenvolvendo na área de Cultura. Inclusive, elogiei a gestão pelas atividades. Recentemente, também critiquei o governo do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) pela interrupção de eventos culturais como o ‘Quinta tem Talento’ e ‘Vamos ao Teatro’, por exemplo.

Faz muito tempo que o QTT e o projeto de criar público no teatro não acontecem. Diferente do que ocorre na capital João Pessoa, onde as pessoas têm opção de lazer em ambientes fechados e abertos, em Guarabira a população continua à mercê de eventos gratuitos, por exemplo, que valorizem a cultura local e também a de fora.

Apesar de tudo, a gestão ainda tenta convencer a população guarabirense de que tem feito muito pela Cultura na cidade. Esse discurso, porém, não me convence. Não convence a ninguém, acredito. Atesto, no entanto, que o governo municipal tem promovido várias exposições, que, na verdade, não custam quase nada diante dos recursos destinados à cultura.

A falta de interesse da atual gestão em investir no Esporte também é bastante evidente. Embora ZT tenha ajudado a Desportiva Guarabira este ano, talvez forçadamente e após uma cobrança dura feita pelo jornalista Antônio Santos em editorial no rádio, o popular ginásio ‘O Zenobão’ está abandonado e com a cobertura comprometida.

É inadmissível que um governo que prometeu avançar e pensar num futuro melhor para o município deixe uma praça de esportes em condições precárias e sem estrutura para o uso devido daquele espaço por parte de desportistas. E não é por falta de dinheiro: o que falta, na verdade, é vontade de manter o patrimônio público de pé.

Tem alguma coisa errada na gestão do prefeito Zenóbio. Se ele está ciente disso, eu não sei. Não vou aqui concluir se a culpa pela inercia dessa administração, pelo menos nas áreas que apontei, é do gestor ou de alguns de seus auxiliares. Ou está faltando autonomia do prefeito para com sua equipe auxiliar ou compromisso dela em trabalhar pelo povo.

Tudo o que vier acontecer de certo e errado nessa administração é culpa do prefeito. Foi ele mesmo quem disse isso ao nomear seus assessores no início de seu segundo mandato. Portanto, eu estou, apenas, apontando para o responsável pelo sucesso ou insucesso da atual administração para que você eleitor o avalie nas eleições de 2016. #Política 

Você pode gostar também

1 comentários

  1. A culpa é do AVIÕES DO FORRÓ, que levam num só dia os recursos do teatro e das quintas tem talento, e demais projeto que poderiam sim desenvolver o que chamamos de CULTURA. Mas, não é a banda aviões a culpada, na verdade a culpa é de um modelo de administração praticada em nossa região, que não se liberta do PÃO e CIRCO.

    ResponderExcluir