Quantos terão de morrer para que as autoridades tomem uma providência?

Animais soltos nos limites de Guarabira com Pirpirituba Não é de hoje que eu cobro das ...




Animais soltos nos limites de Guarabira com Pirpirituba

Não é de hoje que eu cobro das autoridades competentes uma providência, uma ação em relação a animais soltos em rodovias do estado e em vias públicas aqui de Guarabira (PB). E a aplicação de leis que intimidem e punam aqueles que insistem em soltar jumentos, cavalos e bois em espaço público. Mas nada tem sido feito. Enquanto isso, mais pessoas estão sendo vítimas em acidentes envolvendo animais soltos na pista.

Eu acho que quem solta animais em via pública é ciente dos perigos que oferece, sobretudo, aos condutores que trafegam dentro e fora da cidade. Principalmente no período da noite, quando a visibilidade fica comprometida e o risco de ser surpreendido por um animal na pista é ainda maior. Já são muitos os registros de acidentes provocados por animais. Alguns, inclusive, com vítimas fatais. Outros, apenas, com danos materiais.

Na madrugada de sábado (03), por exemplo, um veículo de porte médio colidiu com três animais soltos na rod. PB 085, nas proximidades de Belém (PB). Por sorte ninguém saiu ferido. O acidente ocorreu próximo a um parque de vaquejada. Três cavalos estavam na pista no momento. Apesar de tudo, de ninguém ter saído ferido, acidentes dessa natureza podem causar traumas emocionais em adultos e, principalmente, em crianças.

Já está passando da hora dos representantes do Governo do Estado em Guarabira - dos que fazem o grupo ‘girassóis’, por exemplo - cobrarem uma posição do Executivo Estadual em relação a esse problema - de animais soltos nas rodovias que cortam o brejo. O mesmo vale para a Prefeitura de Guarabira. Como se não bastasse o trânsito desordenado no município, ainda temos de lidar com bichos na rua, diariamente - de manhã, à tarde e a noite.

O problema existe. Reconheço que também existiu no passado, porém não de forma descontrolada como observamos hoje. Ou está havendo omissão da parte do atual secretário de Agricultura, o suplente de vereador Thiago do Mutirão; ou falta boa vontade no senhor prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), em garantir à devida estrutura de trabalho na fiscalização e punição de quem insiste em causar transtorno soltando animais no perímetro urbano.

Eu só digo uma coisa: se esse problema de animais soltos em via pública ocorresse na gestão de Paulino, os aliados do prefeito Zenóbio dedicariam parte do tempo em rádio, por exemplo, para ‘atacar’ o governo municipal e chamá-lo de incompetente. Entretanto, o problema também ocorre na gestão de Toscano. Como definir, então, um governo que tem ciência do problema e não faz por onde dar uma solução? Por acaso, o governo de ZT também é incompetente?

Ninguém está isento de ser a próxima vítima num acidente automobilístico envolvendo animais na pista. A pergunta é: como os acidentes já registrados não são suficiente para sensibilizar a classe política, quantos terão de morrer para que as autoridades competentes tomem uma providência? O risco é o mesmo dentro e fora da cidade. Enquanto você está lendo este artigo, animais estão soltos e são o motivo de muitos acidentes em Guarabira e região. #Política 

Você pode gostar também

0 comentários