Felicidade: Palavra que define os 12 anos da Guarabira FM

Eu também gostaria de publicar uma foto da época da inauguração, mas infelizmente não consegui. ...

Eu também gostaria de publicar uma foto da época da inauguração, mas infelizmente não consegui.

A Rádio Guarabira FM comemora mais um ano no ar. Já são 12 anos de atividades, de prestação de serviço à população de Guarabira (PB) e região. E eu tenho o privilégio e, talvez, a sorte de ainda estar na emissora desde sua fundação tentando colaborar com o trabalho de uma equipe única no rádio guarabirense – sem desmerecer os profissionais das demais emissoras da cidade: todos têm o seu valor.

Há 12 anos eu dedico um pouco de mim, de corpo e alma, todos os dias úteis da semana para produzir e apresentar o programa Conexão 90 Graus, por exemplo, uma paixão abstrata que considero um pedaço de minha vida. É um horário intenso, no qual quando não consigo mexer com a emoção das pessoas através da voz, elas conseguem mexer com a minha, apenas com uma ligação ou visita rápida. Tem sido assim. E se depender de mim, continuará sendo.

Muitos ouvintes me dizem que ouvir a Guarabira FM é uma terapia, pela qualidade do jornalismo e pela diversidade musical. Eu concordo. E se ouvir a rádio é uma terapia para eles, para mim, então, fazer rádio numa emissora que dá a devida liberdade editorial e de trabalho, como ocorre aqui na empresa, é muito prazeroso – e acho que não só para mim, mas foi para aqueles que um dia fizeram parte dessa história e é também para os que fazem parte hoje. 

Ao longo desses 12 anos, a Rádio Guarabira FM tem mostrado a sua força com um jornalismo influente e programas de alto nível, por exemplo, que são, apenas, alguns fatores que nos mantêm em total evidência na casa das pessoas, no comércio local, na internet e nos aplicativos mobiles. Aqui temos liberdade para produzir e apresentar conteúdo.

A imparcialidade do nosso jornalismo, que procura tratar a notícia com respeito, tem contribuído para desenvolvimento político, cultural, social e da economia local, por exemplo. Assim como as campanhas de cidadania têm procurado tornar as pessoas cada vez mais conscientes de seus direitos e deveres como cidadãos. 

Não há isenção para nós quando o assunto é falar a verdade para fortalecer uma democracia ainda jovem. Independente da ideologia política, de classe social, religião ou sexo, a emissora do Sistema Correio de Comunicação em Guarabira tem cumprido o seu papel, cobrindo o que de mais importante acontece na região e dando voz à população.  

A “rádio da gente” cresceu e se tornou uma “rádio apaixonada por você, ouvinte.” Uma emissora que, desde o princípio, tem ousadia e atitude de tocar o que é diferente, apelando para a diversidade e para o equilíbrio no playlist, com a intenção de garantir entretenimento e diversão para o público ouvinte de várias idades em diferentes posições geográficas e sociais. 

Eu tenho esperança de estar aqui no ano que vem para celebrar os 13 anos da rádio. Se eu não estiver, já estou satisfeito. Quero definir esses 12 anos com uma palavra: FELICIDADE. Apesar das diferenças e, talvez, de alguma incompreensão, é aqui na Guarabira FM que tenho vivido alguns dos momentos mais felizes da minha vida, pelo menos nesses 12 anos.

Embora a programação local da Guarabira FM tenha estreado em 15 de setembro de 2003, foi em 22 de novembro que a rádio foi inaugurada. Nesta data especial, então, eu quero agradecer a todos os ouvintes, pela audiência crescente; e aos patrocinadores e parceiros pelo investimento e por acreditarem no nosso trabalho.

Também quero pedir desculpas, caso tenha magoado algum colega com meu jeito, e parabenizar cada profissional da Guarabira FM pelo trabalho executado na empresa. Trabalhar com vocês é bom demais. E eu tenho aprendido muito ao longo desses anos. Termino por aqui, feliz! E ciente de que ainda há muito espaço para crescermos juntos em 2016.

Parabéns, Guarabira! Parabéns, Guarabira FM! #SintoniaFina #Comunicação #Editorial   

Você pode gostar também

0 comentários