Os 40 anos de “Racional”, o álbum “gospel” de Tim Maia

O álbum “Racional” (1975), do rei do soul Tim Maia, é, verdadeiramente, uma obra-prima. Nesta qui...

O álbum “Racional” (1975), do rei do soul Tim Maia, é, verdadeiramente, uma obra-prima. Nesta quinta-feira (05), o disco de um dos nomes mais importantes da música brasileira completou 40 anos. Embora mostre uma devoção do cantor à seita Universo em Desencanto, fato que irritou executivos de sua gravadora na época, o álbum é sensacional. Único. O disco mostra Tim Maia e sua banda num momento singular. “Racional” é uma obra totalmente desprovida de "toxinas". É puro. Para compor este álbum, por exemplo, o soulman Tim Maia estava com uma ótima saúde: tinha deixado de beber, de fumar e passou a usar roupas brancas, exigindo, inclusive, que todos os instrumentistas que trabalhavam com ele também se convertessem à seita de Manoel Jacintho. O resultado, apesar de tudo, foi que a banda de Tim Maia atingiu o ápice da sonoridade musical e o ‘síndico’, por sua vez, alcançou suas melhores performances vocais. “Racional” é repleto de ‘pregação’ e, assim, tornou-se uma referência “gospel”, porém, contribuiu com a black music que começava a dar sinais no Brasil em meados dos anos 70. #Cultura #Música

Você pode gostar também

0 comentários