I Igreja Evangélica Congregacional de Guarabira reúne grande público e celebra o Natal em praça pública

No último dia 18 eu assisti ao Auto do Natal Luz , um grandioso espetáculo que ocorre há 12 anos ...

No último dia 18 eu assisti ao Auto do Natal Luz, um grandioso espetáculo que ocorre há 12 anos no pátio do Colégio da Luz abrindo as comemorações natalinas na cidade de Guarabira (PB). Já na noite de sexta-feira (25), a I Igreja Evangélica Congregacional de Guarabira também realizou mais uma cantata. “Príncipe da Paz” foi o tema escolhido para o espetáculo deste ano.

O evento natalino, que entrou para o calendário oficial de eventos do município de Guarabira, tem reunido um grande público em praça pública – não apenas evangélicos, mas famílias inteiras - na noite de Natal. Realizado na Praça do Novo Milênio, a cantata da Igreja Congregacional cresceu tanto que tem sido comparada a eventos similares promovidos em diversas capitais do país.

A cantata “Príncipe da Paz” teve duas partes antes da apresentação final, intercaladas por mensagens breves a cerca do nascimento e da vida de Jesus Cristo - o centro das canções e pregações. O repertório realmente me chamou muito a atenção, sobretudo pelas letras fundamentadas em fragmentos das Escrituras Sagradas. O pastor Antônio Junior foi o responsável pelas reflexões bíblicas.

Eu acredito que o sucesso do espetáculo natalino da IIECG se dá pelo compromisso, empenho e organização por parte de todos os envolvidos na peça teatral – da segurança e assistência dos ‘soldados de Cristo’ ao público, ao elenco, solistas e equipe técnica, por exemplo. A gente sente quando o trabalho é feito com amor, voluntariamente: tudo acontece com naturalidade.

O som estava devidamente ajustado, pelo menos para quem assistiu ao espetáculo no meio da plateia. Acho, porém, que a Prefeitura de Guarabira e a própria Igreja deveriam ter investido mais em iluminação: iluminação “é tudo num espetáculo dessa natureza”, sobretudo quando é filmado. O cenário estava bom, mas também merece ser ampliado, afinal o evento cresceu.

O telão ajudou muito a entender as cenas da cantata. Talvez se o tamanho da tela fosse maior e ela ficasse um pouco mais acima seria o ideal para uma melhor visualização e compreensão de cada passagem, evitando ‘confusão’ quando um solista ou personagem entra em cena, por exemplo, ao mesmo tempo em que a ‘multidão’ (demais personagens) está em movimento no palco. Fica a dica.

Eu definiria a cantata deste ano como um verdadeiro presente de Natal da Igreja Congregacional, especialmente para a população guarabirense. Além de ser emocionante - pela clareza do texto, pela interpretação das músicas, por exemplo – o espetáculo tem e teve, acima de tudo, caráter evangelístico. Acredito que o nome do Senhor Jesus foi glorificado e vidas alcançadas na noite de Natal.

Glória a Deus! Jesus vive. #Cultura #Sociedade

Você pode gostar também

2 comentários

  1. FOI MUITO EMOCIONANTE , JESUS SEJA LOUVADO

    ResponderExcluir
  2. GRATO POR TUDO... OBRIGADO PELAS DICAS. A ILUMINAÇÃO NÃO FOI MELHOR PORQUE A ENERGISA DEMOROU A LIGAR A ENERGIA. DAI NÃO DEU TEMPO DE AJUSTAR ALGUMAS LUZES. MUITO BUROCRACIA. ESPERAMOS MELHORAR CADA VEZ MAIS PARA HONRA E GLÓRIA DE CRISTO JESUS... LEMBRANDO QUE TUDO É FEITO COM RECURSOS PRÓPRIOS. QUE EM 2016 SEJA CADA VEZ MAIS ABENÇOADO. GRATO... PR. ANTÔNIO JÚNIOR

    ResponderExcluir