Natal banido na Somália e Brunei

Da Voz da América Os governos da Somália e do Brunei baniram todas as celebrações relacionada...


Os governos da Somália e do Brunei baniram todas as celebrações relacionadas com o Natal.

Na Somália, as autoridades dizem que todos os eventos associados ao Natal e Ano Novo são contrários à cultura islâmica e poderão atrair ataques islamitas.

No ano passado, militantes do grupo Al-Shabaab fizeram um ataque no dia de Natal no Aeroporto de Mogadíscio matando 12 pessoas.

No Brunei, o sultão Hassanal Bolkiah conduz o país às leis da sharia.

Líderes religiosos naquele estado do sudeste asiático anunciaram o banimento de todas as celebrações visíveis ou símbolos de Natal e proibiram os muçulmanos de participar em quaisquer actividades que possam ser associadas ao Natal.
***

#Sociedade 

Você pode gostar também

0 comentários