Prefeito de Guarabira faz Festa da Luz sem diversidade e sem atração religiosa

Eu já disse : as edições da Festa da Luz realizadas pela gestão do prefeito de Guarabira (PB) Zenóbio Toscano (PSDB) não conseguiram supera...

Eu já disse: as edições da Festa da Luz realizadas pela gestão do prefeito de Guarabira (PB) Zenóbio Toscano (PSDB) não conseguiram superar as que foram realizadas pela ex-prefeita Fátima Paulino (PMDB), pelo menos em relação à diversidade musical.

Na gestão anterior, a Festa da Luz tinha atrações de vários gêneros musicais: forró, pagode, axé, sertanejo, regional, brega, show baile e pop rock, por exemplo. Agora a festa é marcada por atrações do mesmo gênero, algumas delas, então, sem expressividade.

Eu recordo que teve até atração religiosa na época de Fátima Paulino: o grupo Anjos de Resgate tocou na última noite, após encerramento do novenário da padroeira em 2010. Mas isso não se repetiu, e, talvez, não vá se repetir até o final desta gestão de 04 anos.

Parece que ZT não tem interesse em garantir diversidade à tradicional e única festa de grande porte do município. Muito menos em contratar atração religiosa. Toscano vai terminar sua gestão sem fazer da Festa da Luz uma marca de seu governo, como fez Fátima Paulino.

A Diocese de Guarabira tentou trazer uma atração religiosa para a Festa da Luz deste ano. Padre Reginaldo Manotti era o nome mais cogitado para o encerramento da festa. Isso não ocorreu. A ideia não avançou, talvez porque não houve apoio da PMG.

Em contato comigo, ciente da publicação que este blog tinha feito sobre o assunto, a assessora de imprensa de Reginaldo Manzotti, Carina Basso, confirmou essa possibilidade. Mas ela deixou claro que até aquele momento não havia convite formal nem da igreja e nem da gestão.

Ainda de acordo com Carina BassoReginaldo Manzotti não cobra cachê para se apresentar, nem participa de eventos pagos, salvo, em benefício social. A vinda do padre, portanto, só dependia mesmo de uma agenda disponível para o dia da festa católica em Guarabira.

Reginaldo Manzotti seria uma atração interessante para o encerramento da Festa da Luz 2016. Porém, mais uma vez, faltou 'atitude' por parte da igreja – que tem recursos para isso -; e 'boa vontade' do prefeito, principalmente considerando que o padre não cobra cachê. #Cultura #Política

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Zenóbio deveria assim como durante o governo Fátima Paulino trazer umas bandas de Rock Brasileiro a exemplo de RPM, Paralamas do Sucesso, Roupa Nova etc, lembro que tais bandas atrairam muita gente durante suas apresentações, sou nordestino com muito amor, porem não gosto de forro (lixo), gostaria de ver minha bandas presente no evento.

    ResponderExcluir