Obra de drenagem não resiste a 10 minutos de chuva em Guarabira

A situação se repetiu nesta segunda, 18. Choveu em Guarabira e a cidade ficou assim Choveu ba...

A situação se repetiu nesta segunda, 18. Choveu em Guarabira e a cidade ficou assim

Choveu bastante em Guarabira (PB) no início da tarde de quinta-feira (14). Choveu e trovejou muito. Ninguém controla a natureza, eu sei. Mas independente de quanto tenha chovido, eu entendo que não era para ter inundado a área onde a primeira etapa da drenagem foi concluída, no centro de Guarabira. Inundou. É fato. Fato constatado por mim e por muita gente na cidade. Inundou de novo, prefeito Zenóbio Toscano (PSDB)!

Embora a obra de drenagem tenha 05 etapas, tendo sido concluída apenas a primeira com recursos próprios do município, auxiliares da atual gestão, de forma irresponsável, comemoraram antecipadamente tentando convencer a opinião pública de que o problema das inundações no centro de Guarabira estava resolvido sem que o serviço tivesse sido finalizado. Que frustração! Ainda não há nada a comemorar até então.

Reconhecer que o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) teve ousadia e coragem para iniciar a obra é necessário. Porém, o governo municipal é responsável pelo transtorno de quinta-feira. Não seria diferente se fossa na gestão de Fátima Paulino, não é prefeito? A essa altura estariam falando da 'rosa vermelha'. Se a execução dessa obra já era questionada, o que dizer agora da parte da drenagem que já foi concluída, que não resistiu a 10 minutos de chuva?

Guarabira é um exemplo de cidade que cresceu sem o devido planejamento urbano, por isso sofre as consequências de um crescimento desordenado. Além disso, vem o ‘improviso’ de uma gestão 'em fase terminal' e a falta de educação de parte da população, que também não colabora evitando jogar lixo na rua. O poder público municipal, no entanto, parece não ter interesse em investir em campanhas educativas para mudar essa realidade.

A minha previsão é a de que as chuvas deste ano podem comprometer a gestão de ZT. E não adianta querer se isentar da culpa pelas enchentes na cidade jogando a responsabilidade para o povo, prefeito. O senhor vai precisar mais do que termos técnicos para explicar e convencer a população a cerca dessa obra 'vulnerável' ainda em execução. É bom até o senhor ir orando para não chover tanto antes da apuração dos votos nas eleições de outubro.

Eu não torço pelo “quanto pior melhor” – se bem que tem muita gente torcendo contra Guarabira nesse jogo. Como escrevi aqui no blog, se a drenagem - que apesar de tudo também já mostrou resultados positivos - está sendo feita da forma certa ou errada, isso deve ser considerado, mas o que a população espera da atual gestão é que o problema das águas seja resolvido, de fato. E que não se conclua uma obra que nos traga prejuízos no futuro. #Política #Opinião 


Você pode gostar também

0 comentários