Um ‘califado’ diferente, onde a leitura é a única arma permitida e recomendada contra a ignorância

Swelyton Barbosa com uma "arma" em punho :) Em Guarabira (PB) tem um ‘califado’. Um...

Swelyton Barbosa com uma "arma" em punho :)

Em Guarabira (PB) tem um ‘califado’. Um ‘califado’ diferente, cujo líder é o "imã aiatolá" Swelyton Barbosa, que adora brincar com armas (de airsoft, especificamente), mas não é terrorista. Atualmente ele tem sido auxiliado pelo "vizir mulá" Everton, o popular “pai da mata”.

Califado, no sentido real da palavra, tem a ver com sistema de governo. Em Guarabira, porém, o ‘califado’ é um ambiente bastante visitado por gente de todas as idades, classes sociais e credos, por exemplo, e por todos que buscam conhecimento.

O ‘califado’ de Guarabira é diferente porque é do bem. No recinto, a única regra ortodoxa é “invista em conhecimento. Leia!”. No ‘califado do bem’, então, a leitura é a única arma permitida e recomendada contra a ignorância. Contra a intolerância também. Então, leia!

Este tal ‘califado’, na verdade, não passa de uma banca de revistas. Eu me refiro à Banca Central das Revistas, estrategicamente localizada no centro comercial da ‘rainha do brejo’. Aberta de segunda-feira a sábado, das 8h às 22h. Mas no final de semana fecha mais cedo.

Além de jornais, revistas semanais e mensais, e livros de vários autores e gêneros, botons, no ‘califado’ do "imã aiatolá" Swelyton Barbosa você encontra também apostilas para concursos, CDs, canetas, envelopes, serviço de xérox, recargas telefônicas e muito mais. Tem coisas que você só encontra nesse lugar.

Contra o calor, nada melhor que um sorvete ou uma água mineral geladinha. No 'califado' também tem doces e até cafezinho. Essa iguaria é apenas uma cortesia para frequentadores, já que o local virou ponto de encontro, sobretudo de gente como eu, quando não tem o que fazer (risos).

Se você ainda não conhece o ‘califado’, faça uma visita de cortesia, o atendimento no recinto é o melhor possível, salvo, para quem tem ‘segundas intenções’. O "imã aiatolá" Swelyton Barbosa, sua família e o "vizir mulá" Everton, o popular “pai da mata”, aguardam você. Eu, por exemplo, já estou quase me tornando 'sócio' do lugar. "Salaam Aleikun!" (do árabe para o português, "Que a paz esteja sobre vocês, gente linda"). #Sociedade #Cultura


Você pode gostar também

1 comentários

  1. Ótimo texto e ótima recomendação, adoro passar um tempo neste "califado" acompanhando as novidades em HQ e conversando com as figuras mais exóticas que aparecem lá!!!

    ResponderExcluir