Acordo entre PSB e PSDB faz tempo que é orquestrado em Guarabira, diz advogado

Fábio Mariano (camisa vinho) foi entrevistado no programa Hora da Notícia – GBA FM (Imagem: Igor C...

Fábio Mariano (camisa vinho) foi entrevistado no programa Hora da Notícia – GBA FM (Imagem: Igor Costa)

Do Fato a Fato

O advogado Fábio Lívio Mariano, que presta serviço ao PMDB, afirmou, nesta quinta-feira (11), em entrevista ao programa Hora da Notícia (GBA FM), que o movimento de aliança entre o PSDB e o PSB de Guarabira vem sendo orquestrado já faz algum tempo.

Segundo Mariano, com a adesão da empresária e tabelião Vardíria Toscano (irmã do prefeito de Guarabira) à Ala Girassol, tudo leva a crer que a aliança entre tucanos e socialistas está consolidada, inclusive com mira central para as eleições municipais de 2016.

No entender do advogado, considerado um dos mais inteligentes operadores do Direito Eleitoral na região, a ida da irmã de Zenóbio para os girassóis institui e revela parte do plano, criando um fato novo, sobretudo para melhorar a popularidade do gestor guarabirense que, ora em baixa, pode levá-lo a derrota no pleito desse ano.

“Não digo que o prefeito vai perder as eleições, mas, a contar pelo dia de hoje (11 de fevereiro), sua situação político-administrativo-eleitoral é complicada. Se o pleito fosse agora, dificilmente Zenóbio se reelegeria, por isso teria (como teve) de criar um novo fato para colocar seu nome em evidência”, analisou Mariano.

“Dr. Fábio” chegou a dizer, na entrevista à Ikeda e Antonio Santos (âncoras do Hora da Notícia), que a união entre tucanos e socialistas vem sendo orquestrada pelo presidente do PSB de Guarabira, radialista mariense Célio Alves e o representante do PSDB, no caso o prefeito Zenóbio Toscano.

“Célio é cria do PSDB. Assim com os cinco vereadores que deixaram o Grupo Toscano, mas, saíram sem alarde algum ou críticas mais severas da parte do atual gestor. Quando, por exemplo, Saulo de Biu deixou o “zenobismo” para aderir ao Grupo Paulino, ele foi chamado de tudo que não presta, inclusive chegou a ser agredido verbalmente pelo prefeito. A partir daí, da junção desses fatos, observem como vai se comportar os girassóis nas eleições de Guarabira esse ano”, disse.

Outro fato, que liga os girassóis ao prefeito Zenóbio Toscano, diz respeito a manutenção do advogado Jáder Pimentel como procurador Jurídico Geral da Prefeitura de Guarabira. “Jáder é um homem de bem, mas, pode está sendo utilizado como ponte e instrumento dessa aliança. Nada pode ser descartado. Por qual motivo o gestor guarabirense o mantém no cargo, sabendo que ele é ligado ao governador Ricardo Coutinho?”, indagou Fábio Mariano.

Para finalizar, Fábio Mariano fez um prognóstico revelador: “Em agosto desse ano vocês vão ver de que lado a maioria dos girassóis de Guarabira vai estar. Esperem”.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários